Manaus (AM)

Terça, 7 de outubro de 2008, 16h54

Serafim Corrêa faz segredo sobre alianças em Manaus

  • Notícias

Mário Adolfo Filho
Direto de Manaus

O candidato à reeleição à prefeitura de Manaus, Serafim Corrêa (PSB), não quis comentar sobre possíveis alianças para o segundo turno na sua primeira entrevista após o encerramento da apuração dos votos no domingo. O socialista se limitou a falar que as forças a serem somadas para enfrentar Amazonino Mendes (PTB) serão em âmbito nacional.

"No domingo mesmo, quando saiu o resultado, já começaram a acontecer os primeiros pensamentos, mas até agora não há nada de concreto", afirmou Serafim. "Creio que nesta semana todas as composições já estarão concretizadas", completou.

O quarto lugar nas eleições, Francisco Praciano (PT), disse que está pronto para marchar com o atual prefeito no segundo turno, mas também não confirmou se alguma reunião já estava marcada. Serafim Corrêa também se negou a comentar sobre o assunto. Segundo ele, qualquer anúncio precipitado pode armar o adversário.

Questionado sobre como será a estratégia nesta nova fase, o socialista afirmou que vai continuar no mesmo ritmo e irá mostrar o trabalho realizado em três anos e nove meses à frente da prefeitura. Ainda comparou este cenário com o de 2004, quando também foi para o segundo turno com Amazonino em desvantagem e conseguiu reverter o quadro.

"Não vou mudar. Até mesmo na hora de fazer as alianças continuarei com a minha coerência. Vamos esperar o desenrolar dos próximos dias. O cenário é semelhante", encerrou.


Especial para Terra