Fortaleza (CE)

Terça, 7 de outubro de 2008, 08h33 Atualizada às 08h32

Jornal: Luizianne minimiza efeito Lula em sua vitória

  • Notícias

A prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), reeleita neste domingo em primeiro turno, afirmou que não pretende interromper o mandato para se candidatar a outro cargo em 2010, e minimizou a influência da participação do presidente Luis Inácio Lula da Silva em sua vitória. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Em entrevista concedida logo após o anúncio do resultado da eleição em Fortaleza, Luizianne declarou que o bom resultado nas urnas não se devia "nem à Duda nem à Lula", em alusão ao trabalho de Duda Mendonça, marqueteiro de sua campanha, e ao apoio recebido de Lula.

"Venci não porque tinha um marqueteiro legal, nem porque tinha o apoio do presidente Lula. Se não tivéssemos feito um bom governo, nada disso importaria para ganharmos no primeiro turno", disse ela.

Luizianne, que venceu com 50,16% dos votos válidos em Fortaleza, derrotou candidatos apoiados por lideranças tradicionais do Ceará, como Tasso Jereissati (PSDB) e Ciro Gomes (PSB). Ao contrário de seu primeiro mandato, quando a oposição era maioria na Câmara, desta vez Luizianne terá o apoio de 31 dos 41 vereadores eleitos.

A prefeita de Fortaleza confia que sua vitória pode inaugurar um novo ciclo na política do Estado, do qual faz parte o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB). "Os donos do Ceará, que diziam que fortaleza tinha que ser recuperada para manterem o status quo, viram que não é tão fácil assim, que fortaleza é a princesa rebelde do Brasil."


Redação Terra