Macapá (AP)

Domingo, 5 de outubro de 2008, 21h55 Atualizada às 21h55

Macapá: candidatos se preparam para alianças

  • Notícias

Alcinéa Cavalcante
Direto de Macapá

Os dois candidatos que passaram para o segundo turno da eleição para prefeito de Macapá (AP) Camilo Capiberibe (PSB) e Roberto Góes (PDT), disseram que hoje mesmo vão começar a procurar os outros candidatos para ampliar o leque de apoio nesta nova etapa.

Oposição aos governos estadual e municipal, Capiberibe disse que ser o mais votado no primeiro turno "é a prova de que o povo macapaense quer a mudança".

Roberto Góes, que é o candidato do governo do Estado e primo do governador Waldez Góes, disse que nesta primeira etapa seu objetivo foi atingido, que era passar para o segundo turno. "Agora começa tudo de novo e dou inicio à campanha do segundo turno", disse assegurando que seu projeto para Macapá é viável.

A exemplo de Capiberibe, Góes vai procurar indistintamente os outros cinco candidatos e também buscará o apoio dos vereadores eleitos.

Os dois candidatos são deputados estaduais, mas Góes conta com a o apoio da maioria dos parlamentares.


Especial para Terra