Macapá (AP)

Domingo, 5 de outubro de 2008, 20h28 Atualizada às 02h05

Capiberibe e Goés disputam 2º turno em Macapá

  • Notícias

Os candidatos Camilo Capiberibe (PSB) e Roberto Góes (PDT), após os votos totalizados, tiveram 33,07% dos votos válidos e 26,53%, respectivamente, e vão disputar o segundo turno em Macapá. Lucas Barreto (PTB) chegou perto, mas, com 25,19%, terminou em terceiro lugar no pleito.

Professora Dalva (PT) chegou em quarto com 5,10% dos votos válidos, seguida de Moisés Souza (PSC) com 4,69%. A candidata Fátima Pelaes (PMDB) conquistou 4,66% e Joinville Frota (PSTU) teve 0,77% do pleito. Capiberibe, da Coligação Frente pela Mudança, que reúne além de seu partido o Psol e o PMN, deputado estadual eleito em 2006, é o candidato mais jovem a disputar o cargo de prefeito da cidade. O candidato, que é filho da deputada federal Janete Capiberibe e do ex-governador e ex-senador João Alberto Capiberibe, tem como vice Randolfe Rodrigues (Psol).

Roberto Góes, da Coligação Nosso Forte é Macapá, que reúne DEM-PSDB-PTdoB-PSL, além do partido do candidato, primo do governador amapaense, Waldez Góes (PDT), está no terceiro mandato consecutivo como deputado estadual.

O pedetista, que tem como vice a vereadora macapaense e atual presidente da Câmara de Vereadores de Macapá, Helena Guerra (DEM), teve uma campanha marcada pelo apoio da maioria dos deputados estaduais e das principais lideranças do Estado, além da importante presença do senador Papaléo Paes (PSDB).

O resultado da eleições 2008 em Macapá põe fim à continuidade da administração petista na capital amapaense, que a governa o município há oito anos.


Redação Terra