Belém (PA)

Domingo, 5 de outubro de 2008, 16h20 Atualizada às 16h25

PA: quase 30% das urnas falham, informa TRE

  • Notícias

LUCY SILVA
Direto de Belém

O TRE-PA divulgou na tarde deste domingo que entre 25% e 30% das urnas eletrônicas no Estado tiveram algum tipo de problema e tiveram que ser substituídas, quase todas, por votação manual.

O secretário de Informática em exercício, Sérgio Alves, afirmou que os problemas foram basicamente dois. "O primeiro problema foi a incompatibilidade da mídia que realiza a gravação dos votos com o modelo da urna, o segundo diz respeito ao tempo das urnas", afirmou.

Segundo Alves, cerca de 20% das urnas do Pará são de modelos antigos, utilizados em 1998 e a maioria delas concentradas na capital, Belém. "Como são antigas, apresentaram vários problemas, algumas não ligavam, outras apagavam durante a votação, mas elas foram substituídas pelas de contingenciais".

O número de problemas encontrados foi acima do esperado pelo TRE-PA. "Estávamos trabalhando com uma margem de 10% (de problemas e falhas), e esse número nos pegou de surpresa", confessou Alves.

Com as trocas das urnas e a utilização da votação manual, a desembargadora Raimunda Noronha, presidente do TRE-PA, acredita que os problemas podem ocasionar o atraso no final da votação e da apuração.

"O término da votação talvez atrase um pouco, em fato da utilização da urna manual, mas temos equipes técnicas preparadas trabalhando para evitar que o atraso seja maior", avisou Raimunda.

A votação manual vem sendo feita principalmente nos municípios de Belém e Ananindeua, região metropolitana da capital.

A desembargadora confirmou também que duas urnas foram depredadas no município de Juruti, a oeste do Pará, durante uma manifestção na manhã deste sábado.

"Essas urnas foram depredadas mas foram substituídas com rapidesz pelas urnas de contingências, mas a situação já está conformada", disse Raimundo, que afirmou que a justiça eleitoral solicitou o envio de tropas para dar auxílio

A Polícia Federal divulgou um balanço parcial das prisões na capital na manhã deste sábado. Cerca de 20 detenções foram feitas, todas por boca de urna, e um dos detidos era um candidato a vereador, Fernando Pina (PSB). Também foram feitas apreensões de planfetos e banners, mas o material ainda está sendo contabilizado.

Os presos e o material foram encaminhados para a sede da PF em Belém, o material foi apreendido, e as pessoas detidas prestaram depoimentos e foram liberadas.


Redação Terra