Paraná

Sábado, 4 de outubro de 2008, 18h47 Atualizada às 18h46

TSE mantém veto a pesquisa Ibope em Ponta Grossa

  • Notícias

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve o veto à divulgação de nova pesquisa realizada pelo Ibope com as intenções de voto para a prefeitura de Ponta Grossa (PR). Em sua decisão, o ministro do TSE Felix Fischer negou mandado de segurança em que o Ibope pedia a suspensão da decisão tomada pelo Tribunal Regional Eleitoral.

O TRE havia decidido, anteriormente, que o levantamento foi feito sem indicativo de ponderação ou plano amostral. A ação foi pedida pela coligação Acredite! Nós Podemos Mudar, encabeçada pelo candidato Sandro Alex (PPS).

No pedido do veto, a coligação também acrescentou que as informações contidas na pesquisa são genéricas e comprometem o resultado, pois não esclareceria o perfil dos entrevistados (sexo, idade, grau de instrução).

Após a decisão do TRE, o Ibope solicitou a concessão de liminar ao TSE, em razão da rapidez do processo eleitoral. O instituto alegou que a decisão da juíza do TRE viola o direito à informação sem censura prévia.

O ministro Felix Fischer, por sua vez, rejeitou o mandado de segurança, considerando que o tribunal não tinha competência. Outro motivo para o ministro negar a liminar é a existência de um recurso sobre o caso à espera de julgamento no TRE.

Na pesquisa mais recente, realizada entre os dias 20 e 22 de setembro, Sandro Alex é o terceiro colocado com 19% da preferência do eleitorado. A liderança é de Pedro Wosgrau Filho (PSDB), com 37%, seguido por Jocelito Canto (PTB), com 30%.


Redação Terra