Natal (RN)

Sábado, 4 de outubro de 2008, 14h44 Atualizada às 14h44

Justiça suspende programação da TV de Micarla em Natal

  • Notícias

Juliska Azevedo
Direto de Natal

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) suspendeu a programação da TV Ponta Negra (SBT), de propriedade da candidata à prefeitura de Natal pelo PV, Micarla de Sousa, entre às 13h e às 14h deste sábado. Além a suspensão, o TRE concedeu 9 minutos e 51 segundos como direito de resposta à coligação União por Natal, da candidata Fátima Bezerra (PT), que será exibido em horário a ser definido pelo juiz relator, Magnus Delgado.

A decisão atende ao mandado de segurança n° 43/2008, impetrado pela coligação União por Natal, da candidata Fátima Bezerra (PT), a respeito das declarações do deputado estadual Luiz Almir (PSDB), apresentador do programa 60 Minutos, na edição que foi ao ar no dia 2 de outubro.

A Justiça Eleitoral concluiu que o apresentador caluniou e difamou integrantes da coligação, ao comentar episódio ocorrido na quarta-feira passada, quando seguranças da coligação agrediram um cinegrafista da TV Ponta Negra, durante movimentação da candidata Fátima Bezerra, no bairro de Cidade da Esperança.

O relator deverá estipular ainda neste sábado, o horário de veiculação do direito de resposta na TV Ponta Negra. A leitura do texto será obrigatoriamente feita por um locutor da coligação União por Natal, sem a presença de candidatos ou líderes. "Isso, poderia desequilibrar o pleito, às vésperas da eleição", destacou o desembargador Cláudio Santos, corregedor do TRE.


Especial para Terra