Macapá (AP)

Sexta, 3 de outubro de 2008, 07h34

Último debate em Macapá é marcado pelo clima ameno

  • Notícias

Alcinéa Cavalcante
Direto de Macapá

A cidade de Macapá (AP) parou para assistir o último debate entre os candidatos à prefeitura, realizado pela TV Amapá, afiliada da TV Globo. Dos sete candidatos, apenas Frota (PSTU) não compareceu, já que seu partido não tem representação no Congresso Nacional. Participaram Lucas Barreto (PTB), Camilo Capiberibe (PSB), Roberto Góes (PDT), Fátima Pelaes (PMDB), Dalva Figueiredo (PT) e Moisés Souza (PSC).

Telões foram colocados em vários pontos da cidade, incluindo os tradicionais bares, para que a população assistisse. Diferente do debate realizado na última terça-feira, em que a tônica foi a troca de acusações, neste os candidatos optaram por apresentar propostas, sem agressões e acusações.

Todos prometeram postos de saúde funcionando 24h, asfalto na cidade, novos ônibus e sinalização das vias, qualificação profissional dos servidores municipais e contratação de mais médicos e professores.

Propostas diferenciadas foram apresentadas apenas por Lucas Barreto e Camilo Capiberibe. Barreto prometeu titular todos os terrenos para que o munícipe, com documento em posse, possa financiar a reforma ou a construção da casa própria, além de extinguir a cobrança de IPTU nas área de ressaca. Capiberibe prometeu criar o banco do povo municipal, para financiar empreendedores informais e pequenos empresários.

Para os candidatos, o debate foi considerado bom e eles acreditam que com as propostas apresentadas conquistam os votos dos indecisos.

Do lado de fora da emissora, o clima também foi de tranqüilidade. Para evitar confrontos, os candidatos não levaram a militância, com exceção de Dalma Figueiredo.


Especial para Terra