Palmas (TO)

Segunda, 29 de setembro de 2008, 21h53 Atualizada às 21h57

Comícios marcam reta final de campanha em Palmas

  • Notícias

Os candidatos à prefeitura de Palmas (TO) aproveitaram o último final de semana da campanha para buscarem mais votos dos eleitores. Raul Filho (PT) e Marcelo Lelis (PV) realizaram comício nesse domingo, no distrito de Taquaruçu e na região de Taquaralto, respectivamente. Já candidata Nilmar Ruiz (DEM) visitou comerciantes do centro de Palmas, no sábado. Os três são os candidatos mais bem colocados nas pesquisas de intenção de voto.

Filho discursou para diversos simpatizantes na praça Maracaípe e se comprometeu com a consolidação do desenvolvimento econômico, social e estrutural de Palmas, segundo o site da sua campanha. Em relação ao distrito onde realizava seu comício, o petista enfatizou o potencial turístico da região.

"Este é o verdadeiro paraíso, com um imenso potencial de riquezas naturais e um povo inteligente e consciente da sua grande responsabilidade em transformar Taquaruçu em um grande pólo gerador de emprego e renda", destacou o candidato.

Também em comício, no bairro Bela Vista, Lelis pediu à população para refletir sobre a necessidade de mudança na capital. O candidato ainda prometeu implantar novos programas de inclusão social e capacitação nas regiões mais carentes de Palmas. Ele citou como exemplo o programa Vida Melhor.

"Esse programa vai ampliar o acesso à educação, ajudar o cidadão a arrumar emprego e financiar a compra de ferramentas e máquinas para quem quiser trabalhar por conta própria", explicou Lelis.

No centro da capital, Nilmar ouviu sugestões para a regularização da atividade dos ambulantes. Ela disse que é possível construir uma praça de alimentação com estrutura definitiva e bonita no centro.

A candidata democrata também visitou lojas de variedades, eletrodomésticos e vestuários, e prometeu tomar medidas para aquecer o comércio da capital. "Vamos fazer um alinhamento fiscal com o Estado, voltar os ônibus para as avenidas comerciais e trazer os consumidores de volta", prometeu Nilmar.


Redação Terra