Teresina (PI)

Segunda, 29 de setembro de 2008, 15h20 Atualizada às 15h14

Candidatos criticam pesquisas no debate em Teresina

  • Notícias

Carlos Rocha
Direto de Teresina

Os candidatos à prefeitura de Teresina se encontraram na TV Cidade Verde, afiliada SBT no Piauí para mais um debate. Entretanto, ao invés da tradicional primeira pergunta, o que o senhor pretende fazer pela cidade, a coordenação optou por questionar sobre a importância das pesquisas. Com isso, os outros candidatos aproveitaram para criticar o candidato à reeleição Sílvio Mendes (PSDB) e descreditar as pesquisas.

Sílvio Mendes disse que as pesquisas não são predominantes na hora de decidir o voto, mas fornecem uma orientação para a população. "Quando são bem feitas, elas dão o retrato de qualquer coisa. Acredito que ela orienta a população, mas não decide o voto", disse o prefeito que busca à reeleição. Nazareno Fonteles (PT), segundo colocado nas pesquisas prefere dar certo descrédito para os levantamentos. "A verdadeira pesquisa só se dá no dia 05 de outubro, porque nunca pode se saber se foi manipulada ou não", destacou.

Entre os outros candidatos o sentimento é mais voltado para o descrédito generalizado em relação às pesquisas. Major Avelar (PSL), por exemplo, ressaltou que as pesquisas não são importantes para sua campanha. "Estamos é mostrando a Teresina sem maquiagem", afirmou. Lourdes Melo (PCO), disse que as pesquisas servem apenas a propósitos financeiros, no que foi acompanhada por Alexis Leite (PSOL). "As pesquisas refletem as eleições que beneficiam os partidos milionários", comentou. Ismar Tavares comentou que as pesquisas são importantes para a eleição. "Vejo com bons olhos, desde que ela não tenha um caráter manipulador", declarou.

No prosseguimento do debate houve o embate direto entre Sílvio Mendes e Nazareno Fonteles em determinados momentos. Fonteles apresentou denúncia a respeito da contratação de servidores sem concurso pela Fundação Municipal de Saúde. "São 25 servidores sem concurso e espero que a Polícia Federal investigue para evitar fraude no pleito", afirmou Nazareno Fonteles. Sílvio Mendes respondeu que a prefeitura não comete ilegalidades. "Não há irregularidades. Você é inteligente e sabe que se fosse ilegal a Prodater (Empresa de processamento de dados do município) não geraria um relatório", rebateu Sílvio Mendes.

Nazareno Fonteles foi atacado por Lourdes Melo quando o assunto era infra-estrutura. "O PT está despejando a população pobre de suas casas. Nossa proposta é construir casas não pagando a dívida externa", observou. Já Avelar relembrou a denúncia de Sílvio Mendes a respeito de venda de apoio partidário feita em outro debate da TV Cidade Verde. "Quem fez a denúncia ao Ministério Público fui eu", lembrou Avelar. Sílvio respondeu dizendo que a verdade vai aparecer e que Avelar quis mesmo "vender" o apoio do PSL ao PSDB.

Alexis Leite notabilizou-se no debate ao classificar a disputa entre Sílvio Mendes e Nazareno Fonteles como um duelo entre "Alien e Predador". "É impressionante como os dois candidatos se parecem. Falam a mesma linguagem. Parecem até os monstros "Alien e o Predador", que destroem tudo", afirmou Alexis Leite. Já Ismar Tavares rebateu as críticas de que não seria socialista pelo estilo mais sério que adota. "Ser socialista não é sinônimo de palhaçada. Nós acreditamos em Teresina com perspectiva socialista", comentou.


Especial para Terra