Fortaleza (CE)

Segunda, 29 de setembro de 2008, 14h00 Atualizada às 14h40

Luizianne Lins ganha seis direitos de resposta em Fortaleza

  • Notícias

A prefeita e candidata à reeleição em Fortaleza, Luizianne Lins (PT), recebeu parecer favorável a seis direitos de resposta. De acordo com a decisão do juiz da 117ª Zona Eleitoral de Fortaleza, Emanuel Leite Albuquerque, os adversários da prefeita apresentaram afirmações difamatórias durante o horário eleitoral gratuito. Destes, cinco foram concedidos contra o candidato Adahil Barreto (PR) e um contra Patrícia Saboya (PDT). Com a decisão, Luizianne deve ocupar, no total, seis minutos do programa eleitoral de seus concorrentes.

Patrícia Saboya perdeu um minuto do seu programa eleitoral por exibir, no dia 12 de setembro, trechos que, segundo o juiz, induziam o eleitor ao erro. O juiz considerou também a propaganda da candidata ofensiva à honra da prefeita.

Adahil Barreto perdeu cinco minutos do seu programa eleitoral por ter feito montagens com imagens que, segundo o juiz, desvirtuaram os fatos da verade. Além disto, a justiça eleitoral considerou que expressões utilizadas pelo candidato ofensivas. As supostas ofensas foram apresentadas nos programas eleitorais de Barreto dos dias 10, 15,17 e 19 de setembro.

Em sua decisão, Albuquerque decretou ainda que Patrícia Saboya e Adahil Barreto estão proibidos de utilizar expressões ofensivas contra a candidata petista.


Redação Terra