PortoVelho (RO)

Segunda, 29 de setembro de 2008, 09h31 Atualizada às 09h28

Em Porto Velho, candidato tenta recuperar tempo no horário eleitoral

  • Notícias

Em Porto Velho (RO), o candidato Roberto Sobrinho (PT), entrou com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para recuperar dois minutos e quarenta e oito segundos de propaganda gratuita na TV, retirados por propaganda indevida. A campanha de Roberto Sobrinho é acusada pelo diretório municipal do PSB de transmitir consulta popular de natureza eleitoral no programa veiculado na TV entre 12h e 12h30 do dia 25 de agosto.

Segundo o TSE uma resolução do Tribunal proíbe a transmissão, na propaganda eleitoral gratuita, "ainda que sob a forma de entrevista jornalística, imagens de realização de pesquisa ou qualquer outro tipo de consulta popular de natureza eleitoral em que seja possível identificar o entrevistado ou em que haja manipulação de dados.".

Dessa forma o TRE considerou a ação procedente, determinando que fosse descontado o dobro do tempo usado napara veicular consulta popular ou entrevista irregular, o que soma dois minutos e quarenta e oito segundos.

Contraponto
Ao recorrer da decisão da Corte Regional, a campanha eleitoral de Roberto Sobrinho negou o uso de entrevista ou consulta popular em apoio à candidatura majoritária. "O que se viu foram declarações de pessoas simpatizantes da candidatura de Roberto Sobrinho sem qualquer característica de pesquisa eleitoral, consulta pública ou entrevista, tampouco com manipulação de dados", argumentou o candidato.


Redação Terra