Fortaleza (CE)

Sábado, 27 de setembro de 2008, 08h58 Atualizada às 12h37

Luizianne destaca saúde em campanha à reeleição

  • Notícias

A prefeita e candidata à reeleição de Fortaleza (CE), Luizianne Lins (PT), tem como projeto para a saúde pública a estruturação da rede de atenção de média complexidade, formada por centros de saúde com atendimento especializado e a realização de alguns tipos de exames.

Segundo ela, o objetivo é garantir um bom serviço no setor, uma vez que, de 2004 a 2008, o programa Saúde da Família aumentou de 15% para 45% a cobertura do atendimento primário na capital.

"Vamos fazer um grande mutirão e, ao mesmo tempo, estruturar a rede média de saúde, o que a gente chama de exames, consultas especializadas, médicos especialistas. Quando se amplia a rede básica, aumenta muito a demanda", justificou a candidata.

Com esses investimentos no setor de atendimento secundário, a candidata acredita que muitos pacientes da rede do Sistema Único de Saúde (SUS) deixarão de procurar os hospitais públicos, permitindo um melhor atendimento em casos mais graves,que requerem tratamento de alta complexidade.

Para a educação, Luizianne disse que pretende focar suas ações na melhoria da qualidade do ensino público municipal. Segundo ela, as escolas públicas de Fortaleza só perdem hoje em qualidade para os municípios de São Paulo e do Rio de Janeiro. "Para se ter uma idéia, Fortaleza tem cerca de 250 mil alunos em escolas e creches", garantiu ela.

A candidata afirmou que entregará, até dezembro deste ano, 14 escolas nos padrões exigidos pelo Ministério da Educação. Porém, segundo ela, a melhoria da qualidade do ensino é uma questão que só será percebida pela população a médio prazo. "Não se muda isso da noite para o dia, porque há uma cultura arraigada, e o Brasil todo tem problemas na base da educação pública. Nós estamos perseguindo a qualidade", acrescentou.

Quanto às creches, sua proposta é criar 100 novos pontos de atendimento além dos 96 que já funcionam na capital. A prefeita defendeu que essas creches devem ter caráter pedagógico e não apenas ser um lugar onde os pais deixam suas crianças para poder trabalhar.

Na segurança pública, o objetivo da candidata é contar, até 2012, com um efetivo da guarda municipal de 2,2 mil profissionais. Hoje, a prefeitura conta com 1,1 mil guardas municipais.

No setor habitacional, Luizianne ressaltou que 22 conjuntos estão em construção. Segundo ela, mais de 3 mil casas já foram entregues à população de baixa renda e outras 10,5 mil estão em construção. Além disso, afirmou que está em andamento a regularização fundiária de cerca de 30 mil famílias que ocupam terrenos da União.

Quanto ao transporte coletivo, ela destacou que Fortaleza é a cidade que tem a passagem de sistema integrado mais barata do País.


Agência Brasil