PortoVelho (RO)

Sexta, 26 de setembro de 2008, 17h10 Atualizada às 23h42

RO: grupo tenta extorquir R$ 1 mi de candidato

  • Notícias

Ivonete Gomes
Direto de Porto Velho

A Polícia Federal (PF) prendeu três pessoas, no final desta quinta-feira, suspeitas de tentarem receber R$ 500 mil do candidato à prefeitura de Porto Velho Hamilton Casara (PSDB). Eles queriam R$ 1 milhão para alterar o resultado das eleições através de um vírus nas urnas eletrônicas.

Os presos explicaram que, com a fraude, os votos de outros candidatos seriam transferidos em favor do beneficiário. A Operação Resfriado iniciou após uma denúncia do tucano. Ele disse que foi procurado pelos três e colaborou com as investigações.

De acordo com a PF, os suspeitos respondem pelo crime de estelionato, porque não possuíam meios e nem capacidade de fraudar o sistema de votação. São eles: Cláudio Almeida Santos, Alcides José Leite de Jesus e Anderson Cleiton Gualbano.

Se condenados, a pena pode chegar a cinco anos de reclusão. Além das prisões também foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão expedidos pelo juiz da 6ª Zona Eleitoral de Porto Velho, Raduan Miguel Filho.


Redação Terra