Recife (PE)

Quarta, 24 de setembro de 2008, 12h51

Prefeito do Recife aguarda decisão final para se pronunciar

  • Notícias

Gabriela Belém
Direto de Recife

O prefeito do Recife, João Paulo, disse, em nota divulgada ontem à noite, que irá esperar pelos trâmites da Justiça para se pronunciar sobre as denúncias que o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) faz sobre o seu suposto envolvimento no uso da máquina pública em favor da candidatura do petista João da Costa.

O candidato teve o registro de sua candidatura cassada ontem e ficou inelegível por três anos, segundo a sentença proferida pelo juiz de Investigações Judiciais, Nilson Nery, que isentou o atual prefeito de qualquer envolvimento com o suposto crime eleitoral nas dependências da Secretaria de Educação Municipal.

A promotora Andrea Nunes, entretanto, disse que ficou insatisfeita com a decisão do juiz e que vai recorrer contra o atual prefeito no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) ainda nesta semana.

A assessoria da Prefeitura do Recife disse que o mesmo direito que o candidato João da Costa tem de recorrer, o Ministério Público de Pernambuco também tem.


Especial para Terra