Recife (PE)

Quarta, 24 de setembro de 2008, 12h38 Atualizada às 12h50

Mendonça critica adversário cassado no Recife

  • Notícias

O candidato democrata à Prefeitura do Recife, Mendonça Neto, comentou no site de campanha a cassação do rival petista, João da Costa. "Eu lamento o fato de, pela primeira vez em sua história, o Recife ter um candidato a prefeito cassado. Nossa capital vira notícia nacional por um fato não condizente com a nossa história democrática", declarou Mendonça, mencionando que o fato teve repercussão nos principais portais de notícia e até em telejornais. Para ele, o processo eleitoral deve ser limpo, transparente e "em igualdade de condições entre os candidatos".

Segundo Mendonça, a tentativa de desqualificar a decisão do juiz, a investigação do Ministério Público e a ação da Polícia Federal é um desrespeito à Democracia e ao povo do Recife. "A essência do Estado democrático de Direito é a independência dos poderes. A Justiça atuou de forma soberana, livre e independente. Confiei na altivez do Judiciário e também sempre disse que respeitaria qualquer decisão do juiz Nilson Nery", disse o representante do DEM, que afirma que a Secretaria de Educação teria sido transformada em comitê do candidato.

Mendonça lembra, ainda, que há outros processos na Justiça tão graves quanto esse: "Tem a limpeza do comitê do candidato do governo pela Qualix na calada da noite, a distribuição de peixes em troca de votos no Pina e o uso de emails oficiais da Emprel", elencou.


Redação Terra