Natal (RN)

Quarta, 24 de setembro de 2008, 10h02

Em Natal, adversários cobram debate na TV de Micarla

  • Notícias

Juliska Azevedo
Direto de Natal

Sete dos oito candidatos à Prefeitura de Natal encaminharam um documento para as emissoras TV Ponta Negra (SBT) e TV Tropical (Record) cobrando que realizem debate com a presença de todos os postulantes à prefeitura ainda no primeiro turno. As TVs pertencem, respectivamente, à candidata a prefeita Micarla de Sousa (PV) e ao senador José Agripino Maia (DEM), seu principal aliado.

A iniciativa foi do candidato a prefeito pelo PSDC, Joanilson de Paula Rego. Segundo ele, o debate dissemina a informação da existência de vários candidatos e evita a bipolarização da disputa.

"Hoje as pessoas sabem que são vários candidatos e estão interessadas em escolher o melhor e não votar irresponsavelmente. Além da democracia se sentir homenageada pelo espaço igualitário", disse Rego.

A única a não assinar o documento foi Micarla de Sousa, mas segundo o candidato do PSDC, o motivo é que ela não foi localizada para tratar do assunto. Para Rego, Micarla assinaria sem problemas caso tivesse sido localizada.

O texto do documento diz que: "Os (as) candidatos (as) a prefeito de Natal/RN, abaixo subscritos, por livre e espontânea vontade, e em nome da preservação da igualdade, da liberdade e do acesso às informações, da democracia plena, do debate de idéias e da elevação do nível das campanhas eleitorais requerem que seja realizado por essa respeitável instituição debate eleitoral com a participação de todos os candidatos a prefeito de Natal/RN nas eleições 2008".

O superintendente da TV Tropical, Jânio Vidal, afirmou que há a possibilidade de a emissora realizar um debate no segundo turno. Jânio afirmou estranhar "esse interesse de última hora" dos candidatos.

Já o superintendente da TV Ponta Negra, Fernando Eugênio, disse que a emissora analisará o documento, mas destacou que não há debate programado. Ele informou que a TV cogitou a realização de uma rodada de entrevistas com os candidatos, que foi suspensa pela Justiça Eleitoral por questionamento do critério da ordem de apresentação por parte da coligação União por Natal, de Fátima Bezerra (PT).

A candidata Micarla de Sousa informou, através de sua assessoria, que não comentaria o assunto. Até o momento, foram promovidos debates na TV Universitária e na Band Natal. Há um debate programado para a próxima semana na InterTV (afiliada Globo).


Especial para Terra