São Luís

Terça, 23 de setembro de 2008, 07h33

Governador do Maranhão se licencia para fazer campanha

Jackson Lago passa o cargo para o vice-governador Luiz Carlos Porto
Jackson Lago passa o cargo para o vice-governador Luiz Carlos Porto
Divulgação

Eveline Lopes
Direto de São Luís

O Maranhão começou a semana com novo governador. Jackson Lago (PDT) pediu licença para se dedicar à campanha política no Estado. Em uma cerimônia no Palácio dos Leões, sede do Executivo, o governador passou o cargo para o vice, Luiz Carlos Porto.

Na solenidade, Lago disse que como o seu cargo não dá direito a férias, achou por bem se licenciar: "Lamentavelmente não tenho direito a férias. Eu me afasto para tratar de interesse particular e como cidadão poder participar da luta política em algumas regiões do Estado", explicou.

O vice-governador, que também é pastor evangélico da igreja Presbiteriana, já participou hoje de compromissos oficiais como o chefe do Executivo do Estado. Só não sabe ao certo o tempo que permanecerá no cargo.

Inicialmente a licença de Jackson Lago será de uma semana, mas os assessores do governo informaram que poderá ser prorrogada até o dia da eleição.

O PDT, partido do governador, tem 124 candidatos concorrendo à vaga de prefeito no Maranhão. Na capital São Luís o indicado é Clodomir Paz, que tem como principal cabo eleitoral o prefeito Tadeu Palácio (PDT).

O candidato começou a campanha em segundo lugar nas intenções de voto, ficando atrás apenas de João Castelo (PSDB).

Na última pesquisa do Ibope, divulgada em 18 de setembro, perdeu espaço para o candidato do PCdoB, Flávio Dino, caindo para o terceiro lugar, com 8% das intenções de voto.


Especial para Terra