Boa Vista (RR)

Segunda, 22 de setembro de 2008, 23h08 Atualizada às 23h14

RR: TRE veta deputado como vice; chapa terá novo nome

  • Notícias

Rebeca Lopes
Direto De Boa Vista

O Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR) manteve a decisão de vetar o registro de candidatura a vice-prefeito do deputado federal Márcio Junqueira (DEM), na chapa do também deputado federal Luciano Castro (PR) à prefeitura de Boa Vista. Junqueira disse que não vai recorrer da decisão e o partido já tem novo nome para compor a chapa, o deputado estadual Chico Guerra.

A relatora do processo, a juíza eleitoral Maria Dilmar Paulino, votou por manter a decisão do juiz da 1ª zona eleitoral, Alexandre Magno, que impugnou o registro de candidatura de Junqueira pela não quitação de uma dívida eleitoral de pouco mais de R$ 20 mil. O Ministério Público Eleitoral se manifestou favorável ao veto da candidatura.

Ainda caberia recurso ao TSE, mas Junqueira disse que irá respeitar a decisão do Tribunal. "O tempo é exíguo e no meu entender, depois de consultar meu advogado, recorrer agora só iria prejudicar a chapa de Luciano Castro", afirmou.

Logo após a decisão do TRE-RR, a coligação se reuniu com correligionários, deputados estaduais e candidatos a vereador para lançar na sede do PR, no centro de Boa Vista, o nome do deputado estadual Chico Guerra como substituto.

Guerra é o terceiro nome a compor a chapa como vice de Luciano. A primeira foi a ex-senadora Marluce Pinto, viúva do governador Ottomar Pinto, que no final do mês de julho, renunciou ao cargo, alegando questões pessoais.

No discurso na sede do PR, o deputado Chico Guerra disse que já havia sido sondado para assumir a vaga de vice na chapa antes da decisão TRE-RR. "Na realidade não foi um convite, mas fui convocado e aceitei", disse.


Redação Terra