São Luís

Quarta, 17 de setembro de 2008, 07h02 Atualizada às 08h12

MA: Flávio Dino promete desafogar a saúde na capital

  • Notícias

Em seu primeiro mandato eletivo, como deputado federal, Flávio Dino (PCdoB) entrou na disputa pela prefeitura de São Luís com a promessa de desafogar o atendimento à saúde na capital, elevar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) dos alunos ludovicenses ao melhor do estado e ampliar o contingente da guarda municipal.

Em entrevista à Agência Brasil, Flávio Dino prometeu manter os postos de atendimento funcionando 24 horas, ampliar as equipes do programa Saúde da Família e construir um novo hospital de urgência e emergência, também com o objetivo de diminuir o alto volume de atendimento do Socorrão 1 e 2.

"Se nós colocarmos os postos de saúde para funcionar integralmente, dia e noite na semana, com qualidade, com médico e as equipes do Saúde da Família sendo ampliadas, vamos resolver a imensa maioria de problemas de saúde da população", afirmou.

Flávio Dino aposta na educação de turno integral para melhorar a qualidade do ensino na capital. "Vamos fazer um rigoroso programa de expansão de biblioteca, informática e cultura nas escolas, usando o chamado contra-turno para fazer com que o aluno permaneça mais tempo, de modo produtivo", disse.

Em relação à segurança pública, embora ciente de que é uma questão da alçada do Estado, o candidato tem como prioridade aumentar o contingente da guarda municipal, desenvolver um programa de instalação de câmeras e de iluminação, além de ampliar o combate às drogas. "A guarda municipal tem um papel relevante para a prevenção e combate ao crime. Hoje, a guarda não desempenha esse papel, não vai às ruas, não realiza um patrulhamento que contribua para diminuir os índices de violência", argumentou.

No saneamento básico, Flávio Dino quer aproveitar a parceria com o PT, legenda que compõe sua chapa, para obter recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). "Está sendo feito aqui na nossa cidade o PAC do Rio Anil, em um montante de investimento que irá beneficiar 13,5 mil moradias. O programa é tão bom que não pode ficar restrito somente a essa região", argumentou o candidato que pretende também dar continuidade ao PAC de São Luís.

Para melhorar o transporte público, o candidato prometeu criar corredores exclusivos de ônibus e construir novas vias. "Precisamos expandir a nossa malha diária, construir avenidas alternativas e, principalmente, investir em meios de transporte alternativos. Temos um grande número de pessoas que circulam de bicicletas e não há ciclovias, acabam sendo atropeladas, se expondo a acidentes. Faremos ciclovias também", prometeu.


Agência Brasil