São Luís

Sexta, 12 de setembro de 2008, 07h38

São Luís: candidatos debatem em igreja histórica

  • Notícias

Shirley Freire
Direto de São Luís

Seis dos dez candidatos a prefeito de São Luís participaram, ontem à noite, de um debate realizado na Igreja de São Pantaleão, uma das mais antigas da capital. Na abertura, cada candidato teve 5 minutos para dizer por que resolveu concorrer à prefeitura e apresentar suas propostas.

» Eleitora denuncia pesquisa falsa em São Luís
» vc repórter: mande fotos e notícias

Sem temas específicos, o debate girou em torno de assuntos ligados aos direitos humanos, meio ambiente e orçamento participativo. Os candidatos responderam também a perguntas formuladas pelo público presente.

O candidato do PCdoB, Flávio Dino, elogiou a iniciativa das entidades em promover o debate e afirmou a importância da realização deste tipo de atividade para apresentar e discutir propostas de forma democrática.

Flávio Dino também defendeu a criação de uma secretaria municipal como forma do município institucionalizar uma política de Direitos Humanos na capital maranhense e que a Procuradoria Geral do Município seja um órgão voltado não apenas para a defesa dos interesses do Executivo, mas que passe a oferecer assistência judiciária gratuita.

Waldir Maranhão, do PP, também elogiou a iniciativa da igreja católica e disse que, com o debate, a sociedade ganha mais uma oportunidade de conhecer as propostas dos candidatos. O candidato do PP voltou a falar sobre a educação, que considera uma espécie de "revolução silenciosa", e que o tema é a base de todo o seu plano de governo.

Cleber Verde, candidato do PRB, falou sobre os projetos que fazem parte do seu Plano de Modernização e Desenvolvimento de São Luís, com destaque para a área da saúde.

Pedro Fernandes, candidato à prefeitura de São Luís pelo PTB, aprovou a iniciativa da igreja católica, mas lamentou a ausência dos outros quatro candidatos. Para ele, o debate serve de termômetro para os anseios da população e uma oportunidade também de ouvir os outros concorrentes.

Welbson Madeira, do PSTU, considerou o debate importante não só para a apresentação das propostas, mas também para esclarecer aos eleitores que participaram do encontro, sobre as ligações que cada um dos candidatos à prefeitura de São Luís tem, o que chamou de "demarcação" dos candidatos, já que para ele é preciso que o cidadão saiba tudo que rodeia os concorrentes às eleições de outubro.

Welbson Madeira também acredita que a partir disso o processo eleitoral se torne mais transparente.

Os candidatos Raimundo Cutrim (DEM), João Castelo (PSDB), Clodomir Paz (PDT) e Gastão Vieira (PMDB) não compareceram ao debate.


Redação Terra