Mato Grosso do Sul

Domingo, 7 de setembro de 2008, 14h24 Atualizada às 14h30

MS: 60 candidatos ainda esperam julgamento

  • Notícias

Alvaro Marzochi
Direto de Campo Grande

Vencido ontem o prazo para o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) julgar e publicar o resultado de recursos de pendências nos registros de candidaturas, segundo o calendário eleitoral, cerca de 60 candidatos a prefeito e a vereador de Mato Grosso do Sul ainda estão na lista de espera.

» Ausência nas urnas gera mais impugnações
» MS tem maior número de candidatas no País
» MS: candidatos mostram trajetórias na TV
» vc repórter: mande fotos e notícias

Na disputa pelo executivo, 16 dos 184 candidatos que disputam as 78 prefeituras de Mato Grosso do Sul estão aguardando julgamento. A cidade de Caracol, região sul do Estado, têm uma das situações mais complicadas. A menos de um mês para as eleições, dois dos três candidatos a prefeito ainda aguardam julgamento. São eles Liziane Bonfim (PTB), que teve o registro de candidatura indeferido e recorreu, e Chico Viais (PT), que responde recurso da coligação adversária.

Para agilizar os trabalhos, o TRE planeja julgar 20 recursos por dia, em três audiências marcadas esta segunda, terça e quarta-feira, além de não descartar a realização de uma extraordinária na quinta.

O TRE garante que mesmo extrapolando o prazo previsto no calendário, os trabalhos não serão prejudicados. "Não é normal, mas devido aos questionamentos de vida pregressa dos candidatos acabou atrasando", explicou o coordenador de Assessoramento ao Pleno do TRE-MS, Wilson Pedro dos Anjos.

Com isso, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também terá um período menor para julgar os possíveis recursos dos candidatos. O prazo vai até o dia 25 deste mês, conforme a Lei Complementar número 64/90.


Especial para Terra