Natal (RN)

Terça, 2 de setembro de 2008, 23h00

Cinco candidatos de Natal assinam termos de compromisso

  • Notícias

Juliska Azevedo
Direto de Natal

Cinco dos oito candidatos que disputam a prefeitura de Natal assinaram dois termos de compromisso com a cidade no início desta noite. O primeiro acordo é fazer campanhas sem compra de votos, nem uso da máquina pública. O segundo é, caso sejam eleitos, implantar um plano de ação com metas para a aplicação dos recursos do orçamento municipal.

» Justiça pune coligações do PT e do PPS em Natal
» Ibope: Micarla lidera com 50% em Natal

Fátima Bezerra (PT), Joanilson de Paula Rego (PSDC), Sandro Pimentel (PSOL), Wober Júnior (PPS) e Dário Barbosa (PSTU) participaram do evento. Micarla de Sousa (PV) foi representada pelo presidente municipal do partido, Rivaldo Fernandes, que assinou os documentos em seu nome.

Pimentel reclamou da ausência de Micarla. Para ele, "esta deveria ser a principal programação dos candidatos que querem governar Natal", cobrou.

Barbosa fez provocações ao dizer que seu partido assina os termos com muita tranqüilidade, "diferente de outros partidos, que apóiam candidatos, e estão envolvidos em escândalos".

Fátima prometeu adotar "todos os mecanismos para uma gestão democrática participativa e moderna. Queremos que Natal cresça sim, mas cresça sem deixar de ser Natal."

No seu discurso, Rego criticou os "partidos que concedem a legenda para os vereadores que votaram contra o interesse dessa cidade", em referência aos 13 parlamentares envolvidos em denúncia de recebimento de propina de construtores para votar contra o projeto do Plano Diretor de Natal.

Wober Júnior lembrou a história do PPS em defesa da democracia e no combate à corrupção. Já Fernandes, que representou Micarla, disse que o partido se prepara para conquistar a primeira prefeitura de uma capital no País. Ele garantiu que o "meio ambiente será uma questão de Estado, não de uma secretaria."

A solenidade, promovida pela sede estadual do Comitê 9840, de combate à corrupção, foi realizada na sede da Ordem dos Advogados do Brasil/RN.


Especial para Terra