São Paulo (SP)

Quinta, 21 de agosto de 2008, 21h44 Atualizada às 18h34

SP: candidato sósia se diz filho de Enéas na TV

  • Notícias

O candidato usa óculos e barba como o ex-deputado Enéas Carneiro
O candidato usa óculos e barba como o ex-deputado Enéas Carneiro
Reprodução

Ivy Farias
Direto de São Paulo

A música é a mesma. A barba é a mesma. Os óculos são os mesmos. E até o bordão é o mesmo: "Meu nome é Enéas...Filho!". O candidato a vereador Luciano Enéas Martines Nantes Soares, 37 anos, se apresentou no horário eleitoral gratuito no rádio e na TV como "filho de Enéas" e prometeu continuar o trabalho do pai. O único detalhe é que o candidato do PTN não é filho de Enéas Carneiro, candidato das eleições presidenciais de 1989, 1994 e 1998 pelo Prona, e ex-deputado federal, morto no ano passado.

» Veja mais fotos do candidato
» Vídeo mostra "Enéas Filho"
» CORREÇÃO: SP: candidato sósia se diz filho de Enéas na TV
» 'Sósia' de Ideli quer ser reconhecida por propostas

O pai dele é Osvaldo Enéas Nantes Soares, que chegou a se candidatar a deputado federal em 2002 e teve sua candidatura cassada em outubro do mesmo ano pelo TRE de São Paulo, após um processo ajuizado por Enéas Carneiro. Embora o nome Enéas não apareça na certidão de nascimento da família, os dois possuem hoje "Enéas" na identidade, conforme documentação entregue na inscrição de sua candidatura na 1ª Zona Eleitoral de São Paulo.

No diploma de conclusão do Ensino Médio apresentado pelo candidato, expedido em 1990, pai e filho aparecem como Osvaldo Nantes Soares e Luciano Martines Nantes Soares, respectivamente. Já no documento de identidade, com emissão de 15 de abril de 2008, os dois já têm Enéas no nome. No TSE, o registro eleitoral do candidato é Enéas Filho. Na programa eleitoral na TV desta quinta-feira, a legenda trouxe a grafia "Enéias Filho", com "i".

"O partido não está infrigindo nenhuma lei eleitoral", disse Kennedy Rene Rodrigues da Silva, presidente municipal do PTN. Segundo Silva, o partido é orientado a dizer que ele "é sim filho de Enéas". Só não especifica qual. "Não temos mais nada a declarar", afirmou o presidente, sem dar mais detalhes sobre a identidade de Osvaldo.

Procurado durante todo o dia pela reportagem, o candidato não atendeu as ligações. Às 20h43, um homem identificado apenas como Carlos, que se disse motorista de Enéas, atendeu o telefone dizendo que ele estava ocupado em um coquetel no bairro do Tatuapé, zona leste da capital.

"Estelionato Eleitoral"
A família de Enéas Carneiro tomou conhecimento do fato hoje. Lígia Lorande Carneiro, filha do político, considera isso uma falta de vergonha. "O pai dele já tentou clonar o meu pai. Agora os dois querem se aproveitar de um nome de uma pessoa de boa fé que não está mais aqui para se defender", afirmou. A ex-mulher de Enéas, Adriana Lorande, classificou a atitude de Luciano como um "estelionato eleitoral".

"Ele tenta iludir o povo, que é inocente", disse. Adriana ainda não decidiu se vai entrar com um processo pedindo a impugnação da candidatura, mas ressaltou que, em sua opinião, aquela era mais uma fraude. "Uma coisa posso te garantir, meu marido teve três filhas mulheres, nenhum filho homem".

Fiéis Seguidoras
Fiel seguidora do ex-deputado federal, Dra. Havanir, que também é candidata a uma vaga na Câmara Municipal pelo PTC, disse que ela é a "verdadeira herdeira" do político. "Devo minha trajetória política a ele. Sou sua maior discípula e se tem alguém com a responsabilidade e dever de continuar o trabalho dele sou eu, não este impostor", afirmou.

Indignada, a candidata quer a impugnação da candidatura de Enéas Filho. "Vou ligar para a família dele para acabar com isso. Eu que sou eu uso o nome dele com o maior cuidado, é um absurdo alguém fazer isso com a imagem dele", falou.

A candidata afirma ter conhecido Luciano anos atrás em uma reunião do Prona, partido que acabou no ano passado após a morte de Enéas. "Ele é moço. Aposto que deixou crescer ou até mesmo colou uma barba; ele não é careca, raspou o cabelo para parecer com meu mestre", disse.

Luciana Costa, deputada federal suplente de Enéas, também se revoltou ao descobrir que um candidato tentava associar sua imagem a do político. "Eu sou a suplente dele e digo que ele tem três filhas, não tem nenhum filho por aí", garantiu.


Redação Terra