Teresina (PI)

Quinta, 21 de agosto de 2008, 21h18 Atualizada às 21h19

PI: PT e PSDB querem imagens de Lula e Dias

  • Notícias

Carlos Rocha
Direto de Teresina

O coordenador da campanha de Sílvio Mendes (PSDB) à prefeitura de Teresina, Washington Bonfim, defendeu o uso de imagens do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do governador de Piauí, Wellington Dias (PT), na propaganda eleitoral do tucano.

» PI: juiz proíbe Lula na propaganda de Mendes

O juiz eleitoral de Teresina Pedro Macedo proibiu a exibição das imagens. Conforme a lei, apenas os políticos que pertencem a partidos coligados ou os que não têm filiação partidária podem participar dos programas.

O presidente Lula aparece em três momentos durante a propaganda: nas inaugurações de uma estrada, de um pronto socorro e num evento para liberar recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Bonfim explicou que as obras foram realizadas em parceria com os governos municipal, estadual e federal. "É necessário mostrar essa parceria porque ela existe", disse.

Para ele, Teresina está dentro de um contexto estadual e nacional. "Nós entendemos que o presidente Lula e o governador Wellington Dias governam o Brasil e o Piauí e Teresina está inserida em tudo isso. O Sílvio Mendes independente de partidos tem buscado o bem da cidade", afirmou.

Enquanto isso, os petistas querem expandir a determinação de Teresina para todos os municípios do Estado. A meta é garantir que somente os coligados com o PT utilizem as imagens de Lula e Dias. O presidente estadual da sigla, deputado estadual Fábio Novo, enfatizou que a base de apoio do governo tem que ser considerada separadamente ao PT e defendeu a aplicação da lei eleitoral.

"É preciso seguir a legislação eleitoral atualmente em vigor. Fala-se muito em fidelidade partidária e por isso não há o que questionar, já que o presidente e o governador são filiados ao PT", concluiu.


Especial para Terra