Goiânia (GO)

Quarta, 20 de agosto de 2008, 19h17

Goiânia: candidatos listam propostas na propaganda

  • Notícias

Vinicius Jorge Sassine
Direto de Goiânia

No primeiro programa do horário eleitoral gratuito, os três candidatos adversários do prefeito de Goiânia (GO), Iris Rezende (PMDB), que concorre à reeleição e é líder nas intenções de voto, fizeram referências veladas à atual administração da cidade. Os candidatos se concentraram em apresentar seus currículos e planos de governo, mesma estratégia adotada pela equipe de Iris.

Com 2 minutos e 37 segundos de tempo no horário eleitoral, Martiniano Cavalcante (Psol), da coligação Frente de Esquerda (que reúne ainda PCB e PSTU), foi o primeiro candidato a se apresentar. Uma esquete criticou o que seriam propagandas enganosas da atual gestão. A cidade, conforme o programa do candidato, tem um transporte público falho e sérios problemas na prestação de serviços de saúde. Ele foi o mais agressivo dos candidatos.

O candidato Sandes Júnior (PP), da coligação Goiânia da Gente, que tem 11 minutos e 11 segundos por dia, expôs seu currículo político e apresentou alguns dos principais pontos do programa de governo. Na segunda posição nas pesquisas eleitorais, o candidato apoiado pelo governador Alcides Rodrigues (PP) e pelo senador Marconi Perillo (PSDB), abriu a campanha televisiva mostrando a família.

Em casa, Sandes apresentou os filhos, o neto e a mulher. Fez referências ao pai e à carreira no rádio, que o projetou como um locutor popular e que acabou garantindo a eleição para cargos no Poder Legislativo. Sandes foi vereador em Goiânia, deputado estadual por três mandatos e está no segundo mandato de deputado federal. "Tenho muita disposição para enfrentar uma batalha que não será fácil", disse o candidato, referindo-se ao favoritismo de Iris Rezende.

Iris aproveitou seus 12 minutos e 19 segundos para apresentar sua carreira política. Associado a causas populares, como os mutirões de moradia, o candidato peemedebista apareceu em imagens antigas, do primeiro mandato de vereador ao atual cargo de prefeito de Goiânia, passando pelo cargo de ministro da Agricultura e pelos dois mandatos de governador do Estado.

Declarações do senador José Sarney e do ministro das Comunicações, Hélio Costa, reforçaram a campanha de Iris na televisão. Candidato a vice na coligação, Paulo Garcia (PT), reforçou a parceria inédita entre PMDB e PT para disputar a prefeitura na cidade.

O programa do candidato Gilvane Felipe (PPS), da coligação Goiânia em Movimento, durou 3 minutos e 51 segundos. Ele também preferiu focar a campanha televisiva nas suas propostas para a cidade.


Redação Terra