Natal (RN)

Quarta, 20 de agosto de 2008, 10h27 Atualizada às 10h26

RN: Fátima acusa Micarla de "esconder" Democratas

  • Notícias

Juliska Azevedo
Direto de Natal

A candidata do PT à prefeitura de Natal, Fátima Bezerra dedicou seu comício ao final de caminhada no bairro de Santos Reis, na noite de ontem, a atacar a candidata Micarla de Sousa (PV). Fátima afirmou que candidata do PV "escondeu" o apoio do partido Democratas durante o primeiro debate entre os candidatos realizado pela TV Universitária, na noite de segunda-feira.

» Natal: primeiro debate discute alianças
» RN: PPS vai confrontar propostas na TV
» Natal: ministro do Turismo presta apoio à Fátima
» RN: candidata do PT aposta na comparação com PV

Fátima disse que Micarla esconde o apoio do DEM "por vergonha" e numa tentativa de "confundir" o eleitorado natalense. A candidata petista fez referência ao momento do debate em que Micarla de Sousa destacou o fato de contar com o apoio de seis partidos, mas citar apenas aqueles que integram a base de apoio ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva - PV, PMN, PP, PR e PTB.

Fátima acusa Micarla de tentar colocar-se como uma candidata da base aliada do presidente Lula para confundir o eleitor. "Eu procurei deixar claro que a única candidatura comprometida realmente com o projeto do governo do presidente Lula é a minha. Eu acho que um debate como aquele é uma oportunidade para o eleitor saber, na realidade, quem é quem. Não dá para a candidata Micarla querer se colocar como candidata também da base lulista. Ela não pode ser lulista e agripinista ao mesmo tempo", afirmou.

Para Fátima, Micarla está envergonhada do apoio do DEM. "Talvez ela esteja envergonhada. Mas o eleitor tem muito claro que a candidata do presidente Lula é a candidata Fátima Bezerra", afirmou.

Micarla rebateu as críticas, alegando ter orgulho do apoio do DEM e atribuiu o "lapso" ao nervosismo da estréia em debates. "Eu não tenho motivo algum de me envergonhar da minha aliança porque foi natural, surgiu a partir de afinidades existentes entre vários partidos e pessoas que formam esses partidos. Eu tenho muito orgulho de ter ao meu lado o Democratas, na figura do seu líder, o senador José Agripino, que hoje realiza um importante papel no desempenho da democracia do nosso país. Agora, não adianta a candidata do PT tentar esconder a realidade de que nossa aliança tem cinco partidos que dão sustentação ao governo Lula", afirmou Micarla de Sousa.

A deputada Micarla de Sousa acrescentou que Natal e o Rio Grande do Norte sabem que sua coligação foi feita "às claras". "Eu acho natural que a candidata do PT esteja preocupada porque mesmo com esse acordão feito em Brasília, que não está sendo suficiente para que ela tenha o povo ao seu lado", afirmou Micarla, referindo-se à aliança entre PSB, PMDB e PT em torno da candidatura adversária.


Especial para Terra