Teresina (PI)

Terça, 19 de agosto de 2008, 11h21 Atualizada às 11h27

PI: candidatos fazem sigilo sobre programas de TV

  • Notícias

Carlos Rocha
Direto de Teresina

O atual prefeito de Teresina, Sílvio Mendes (PSDB), que concorre à reeleição, tem em Nazareno Fonteles (PT) o seu principal adversário nas eleições de outubro. Os dois, que lideram as pesquisas de intenção de voto na capital do Piauí, têm muitas coisas em comum. São médicos ortopedistas, já geriram a saúde em governos de seus partidos e têm adotado uma postura de evitar confrontos. Mas, além disso, ambos se caracterizam pelo total sigilo de como serão seus programas de TV.

» Ibope: Sílvio Mendes lidera com 67% em Teresina
» vc repórter: mande fotos e notícias

Nenhuma das duas coordenações de campanha quer entregar um detalhe, por mínimo que seja, de como serão os programas.

O que cada candidato deve dizer
A equipe de Sílvio Mendes foi evasiva quando questionada sobre divulgação do programa eleitoral. "No momento não é possível dar detalhes, porque a equipe avaliou que há aspectos que ainda não podem ser divulgados", disse a assessoria.

Entretanto, espera-se que os programas que entram no ar nesta quarta-feira com o horário eleitoral gratuito busquem enfatizar aspectos considerados como avanços na gestão tucana, como Sílvio Mendes tem feito na campanha.

"Toda a cidade está em construção e planejamento. Temos uma educação municipal que é referência e essa é a nossa principal obra", diz Sílvio Mendes. O prefeito também deve enfatizar a qualidade de sua equipe, com a ênfase de que não faz conchavos políticos.

"Me orgulho da equipe que temos. De um Washington Bonfim que gere a educação em Teresina de um ex-senador como o Freitas Neto. Nunca fiz conchavos políticos e por isso temos aprovação da população", afirma.

Do outro lado, a equipe de Nazareno Fonteles adotou o mesmo tom de mistério a respeito de como vai ser o programa eleitoral.

Como Nazareno Fonteles pretende adotar um tom mais agressivo, com críticas a administração tucana, a explicação dada para o mistério é não dar munição para que o adversário possa se defender.

Nazareno Fonteles também vai investir em seu programa eleitoral na proximidade com o governador Wellington Dias (PT) e o presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) para tentar convencer o eleitor a buscar um alinhamento entre as três esferas de governo.

"Lula ajudou o Brasil a melhorar e como deputado federal é uma honra estar afinado com um projeto que transforma o Brasil e o Piauí e pode transformar Teresina. O PAC, a conclusão do Pronto Socorro e o Lagoas do Norte, que a prefeitura esquece de mencionar, são obras feitas pelo governo federal", destaca o parlamentar como um exemplo do que deve estar em seu programa.

O parlamentar também vai procurar dar destaque para as deficiências da prefeitura no horário eleitoral. "Colocamos emendas R$ 7 milhões para quadras e boa parte das nossas escolas não tem quadra", diz.


Especial para Terra