Goiânia (GO)

Quinta, 14 de agosto de 2008, 14h29 Atualizada às 14h29

PSDB perde dois minutos de propaganda em Goiânia

  • Notícias

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), rejeitou recurso do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) de Goiânia, que pretendia reaver 2 minutos do tempo de transmissão de propaganda partidária.

» Justiça libera candidatura de Íris Rezende em GO
» vc repórter: mande fotos e notícias

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE) de Goiás acatou representação do Ministério Público Eleitoral (MPE) que acusou o partido de ter utilizado tempo destinado à propaganda partidária para promoção pessoal do ex-governador Marconi Ferreira Perillo Júnior e do atual governador, Alcides Rodrigues Filho, no semestre anterior às eleições de 2006.

De acordo com o relator do recurso, ministro Marcelo Ribeiro, a Resolução do TSE 22.503/06 extinguiu os espaços destinados à divulgação de propaganda partidária em cadeia regional, o que torna o recurso prejudicado.


Redação Terra