Campo Grande (MS)

Domingo, 29 de junho de 2008, 21h55 Atualizada às 21h11

Campo Grande: PT ganha apoio de PCdoB e PSL

  • Notícias

Alvaro Marzochi
Direto de Campo Grande

A convenção do PT oficializou a candidatura do deputado estadual Pedro Teruel à prefeitura de Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Ontem, o PCdoB já havia anunciado que o presidente regional, Moacir de Abreu, aceitaria o convite de sair como vice na chapa.

» Prefeito de Campo Grande tenta reeleição

Na sede do PT, durante a convenção, o presidente regional do PSL, Emídio Milas, também anunciou que o partido deixa a aliança para a reeleição do prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), que conta com 20 partidos, para apoiar Teruel, onde acredita que tem mais chances de eleger um vereador. Os três partidos juntos vão lançar na eleição proporcional 42 candidatos à Câmara Municipal.

Teruel afirmou que está satisfeito com a tríplice formada, mas que aguarda ainda até amanhã, quando PSB, PSDC, PSC e o PDT farão suas convenções municipais, para fechar a chapa. "Se algum desses partidos que ainda não se definiram oficialmente quiser deixar o outro lado, serão muito bem vindos."

A campanha do petista será baseada em propostas sociais e no trabalho do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Cartazes com as fotos dos dois já estão sendo confeccionados e Teruel diz que vai a Brasília, para juntos gravarem vídeos de campanha.

Na convenção, duas ausências foram notadas: a do senador Delcídio do Amaral, que enviou uma carta declarando apoio ao candidato, e a do ex-governador Zeca do PT. Os dois disputam a liderança dentro do partido em Mato Grosso do Sul.


Redação Terra