João Pessoa (PB)

Domingo, 29 de junho de 2008, 16h14 Atualizada às 21h25

João Pessoa: PSB homologa candidatura de Coutinho

  • Notícias

O atual prefeito de João Pessoa (PB), Ricardo Coutinho (dir.), tentará a reeleição
O atual prefeito de João Pessoa (PB), Ricardo Coutinho (dir.), tentará a reeleição
Michelle Souza/Especial para Terra

Michelle Sousa
Direto de João Pessoa

Dezesseis partidos se uniram em torno da reeleição do prefeito da capital paraibana, Ricardo Coutinho (PSB). A maioria realizou convenção conjunta com os socialistas neste domingo, demonstrando estarem unidos, mesmo com o anúncio do vice Luciano Agra (PSB) numa chapa batizada de "puro-sangue".

» PTN escolhe Francisco Barreto
» PSDB define Gonçalves para prefeito

Marcada para começar às 9h no Esporte Clube Cabo Branco em João Pessoa, a convenção do PSB era uma das mais aguardadas no cenário político local, por causa da expectativa em torno do anúncio do candidato a vice-prefeito na chapa socialista.

O atual prefeito Ricardo Coutinho fez a escolha a partir de uma lista contendo dez nomes sugeridos pela maioria dos partidos que integraram um Conselho Político em torno da pré-candidatura socialista. Mas o anúncio oficial só foi feito na tarde deste domingo, no ponto alto da convenção que reuniu as principais lideranças dos partidos aliados.

A chapa majoritária da situação na capital paraibana será encabeçada por Ricardo Coutinho e Luciano Agra, ambos do PSB, e a coligação se forma com os seguintes partidos: PTB, PT, PSC, PRTB, PCB, PC do B, PV, PRPB, PTC, PT do B, PMDB, PP, PPS, PRB e PSL. A maioria deles realizou convenção conjunto no mesmo local, fazendo composições diferenciadas para concorrer na disputa proporcional.

No momento mais esperado da convenção, o anúncio do vice, o prefeito Ricardo Coutinho explicou que sua escolha atendeu a possibilidade de diálogo com os outros setores ainda não representados da sociedade, mas buscando a continuidade administrativa. O arquiteto Luciano Agra é o atual secretário de planejamento da administração municipal.

Para Coutinho, Agra já assumia as funções de vice-prefeito, desde o deputado Manuel Júnior (PMDB) deixou o cargo para assumir a vaga na Câmara Federal. "Iremos vencer e governar com todas as forças políticas partidárias", garantiu no discurso.

Ao seu lado, o senador peemedebista José Maranhão que foi questionado como o PMDB teria aceitado a decisão do prefeito de formar uma chapa batizada de "puro-sangue". "O PMDB, evidentemente, gostaria de integrar a chapa, mas desde o primeiro momento agi com elegância e altivez e confiei ao prefeito Ricardo Coutinho a escolha do seu companheiro de chapa", disse.

Para o Senador, nessas eleições, formou-se uma aliança muito mais ampla e garantiu se sentir à vontade, mesmo com o fato do PMDB ter sido preterido na escolha. "Continuamos à vontade porque é isso que quer a cidade de João Pessoa", José Maranhão.

Na proporcional, várias recomposições precisaram ser feitas. O PMDB, segundo o Senador Maranhão, faz convenção nessa segunda-feira, e deve compor junto com PSL. PTB, PT e PC do B fecharam acordo e devem lançar 42 candidatos a vereador. PSB, PP e PRB formariam outro grupo. PPS e PSC se uniram, assim como PRTB, PV e PTC.


Redação Terra