João Pessoa (PB)

Domingo, 29 de junho de 2008, 15h09 Atualizada às 21h27

João Pessoa: PSDB define Gonçalves para prefeito

  • Notícias

Suetoni Souto Maior e Michelle Sousa
Direto de João Pessoa

A convenção do PSDB em João Pessoa, na Paraíba, confirmou o nome do deputado estadual João Gonçalves como candidato da legenda para a disputa das eleições para prefeito da capital. O vice da chapa ficou a cargo do também deputado estadual Aníbal Marcolino, do PDT - partido que até sexta-feira era aliado do atual prefeito, Ricardo Coutinho (PSB), que vai disputar a reeleição.

» vc repórter: mande fotos e notícias

A convenção tucana ocorreu no Clube Internacional de Cruz das Armas, reduto eleitoral de Gonçalves. De acordo com estimativas da Polícia Militar, mais de 2 mil pessoas estiveram presentes durante a manhã no evento. O candidato chegou ao clube carregado nos braços pelos presentes e prometeu empenho para vencer as eleições.

"Quem tem Deus e o povo do lado tem sempre que ter esperança", disse o candidato tucano.

"Vamos criar condições para que a capital tenha uma política tributária que a população possa pagar e que traga retorno para a cidade", afirmou. Ele prometeu também melhorias para as áreas da saúde e da educação de João Pessoa.

O governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), foi à convenção para reforçar o apoio à candidatura de João Gonçalves. "É uma pessoa muito humana, esforçada e competente", disse Lima, acrescentando que, na opinião dele, o "cenário para 2008 é bem mais favorável ao partido que em 2004", quando a legenda foi derrotada pelo atual prefeito, Ricardo Coutinho.

O PSDB vai para a disputa com apoio de Democratas, PSDC e PDT. As duas últimas legendas faziam parte da base do prefeito até a última sexta-feira, quando decidiram romper com o candidato do PSB e aderir à candidatura de Gonçalves. A convenção contou com a participação dos senadores Cícero Lucena, presidente estadual do PSDB, e Efraim Morais, presidente estadual do Democratas.

Convenção do PDT
Em pleno ninho socialista, dirigentes do PDT homologaram apoio a candidatura do tucano João Gonçalves à prefeitura de João Pessoa, tendo como vice o deputado pedetista Aníbal Marcolino. O partido rompeu com a candidatura da situação, que tem o atual prefeito da cidade Ricardo Coutinho (PSB) como candidato a reeleição.

A convenção do PDT foi realizada no Clube Cabo Branco. De acordo com o secretário geral do diretório regional do partido, Ricardo Moreira, 15 convencionais tinham direito a voto. "Doze já votaram e aprovaram o apoio aos tucanos", explicava ele.

A votação foi rápida e ocorreu à beira da piscina do Clube. Começou às 9h e praticamente uma hora depois a decisão já estava homologada. A festa dos pedetistas aconteceu mesmo no local da convenção adversária em outro ponto da cidade.

Entre os três votos que não foram computados estavam o do vereador Geraldo Amorim e o do presidente do diretório municipal, Ricardo Navarro, que nem compareceu ao local da convenção convocada em edital por ele mesmo.

Sem saber de nada, Amorim chegou ao local e foi informado pela imprensa que a votação já havia acontecido. "Vou embora então", afirmou, sem tecer comentários sobre o racha vivido pelo partido na reta final de decisão das coligações para homologação das candidaturas.


Redação Terra