Você Sabia?

 
 

Notícias » Educação » Você sabia? » Você sabia?

 Qual é a origem do cifrão?

Pode parecer mentira, mas a tese mais bem-aceita sobre a origem do cifrão tem a ver com o semideus grego Hércules. Chegamos nisso logo logo.

» Quem foi o primeiro papa católico?
» Qual é a cidade mais antiga?
» Veja outras curiosidades de História

Normalmente as moedas têm uma representação gráfica que se compõe de seu símbolo - no caso do Real, um R, no caso do dólar, um US - e do cifrão ($). Este foi inventado pelo general Táriq-ibn-Ziyád, que comandou a bem sucedida invasão árabe da Península Ibérica, no século VIII. Essa invasão, iniciada quando um rei deposto pediu auxílio militar aos mouros, terminou no domínio árabe da região onde hoje estão Espanha e Portugal - apenas em 1492 a última cidade espanhola foi recuperada pelos europeus.

Mas voltemos ao general. Táriq teria partido da Arábia e atravessado o Egito, os desertos do Saara e da Líbia, a Tunísia, a Argélia e o Marrocos até cruzar o Estreito de Gibraltar e chegar à Espanha. O numismata Claudio Amato, ex-presidente da Sociedade Numismática Brasileira, conta que o general teria mandado cunhar moedas mostrando uma linha sinuosa, em "S", representando o seu tortuoso caminho, em comemoração a sua vitória. E os traços verticais do cifrão?

Aí é que entra Hércules, o semideus responsável pelos 12 Trabalhos mais impressionantes do mundo antigo. Em um desses trabalhos, Hércules abriu caminho rachando ao meio uma montanha com apenas um golpe de maça - assim conta a mitologia. Deste episódio veio o apelido do Estreito de Gibraltar, que separa a África da Europa: Colunas de Hércules. Amato, então, liga o cifrão a tudo isso: "nas moedas, os dois traços representam as colunas atravessadas por Táriq na campanha para a conquista".

O curioso é que, na maioria das fontes de computador, Hércules não tem nada a ver com o cifrão: perceba que o símbolo muitas vezes é grafado com um só traço.

Esta pergunta foi enviada pelo internauta Sergio Oliveira de Menezes Portinho. Clique aqui e envie já a sua.

Redação Terra