Você Sabia?

Notícias » Educação » Você sabia? » Ciência » Ciência

 Por que os mosquitos zumbem nas nossas orelhas?

Comentários
 
Você já não deu um tapão em sua própria orelha ao tentar matá-lo? Foto: Terra

Você já não deu um tapão em sua própria orelha ao tentar matá-lo?
Foto: Terra

Nada mais chato do que um mosquito zumbindo no nosso ouvido quando estamos tentando dormir. Como se não bastasse o inseto sugar o nosso sangue para se alimentar, ele ainda fica sobrevoando a nossa cabeça antes do ataque, como para checar se não estamos mesmo acordados. Parece até provocação. Mas por que eles fazem isso?

O biólogo e professor da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), no Rio Grande do Sul, Milton Strieder, afirma que não há explicação científica para o inseto atacar a região do corpo onde fica a orelha. "O que sabemos é que o mosquito é atraído pelo gás carbônico liberado pelo homem por meio do nariz", explica o especialista.

Para ele, o local da picada está diretamente ligado à nossa respiração, por isso, ele pode rondar as nossas orelhas. Strieder disse ainda que uma pele mais escura pode ser um fator de atratividade maior do que uma pele mais clara, assim como vestir uma roupa menos colorida. "O pernilongo gosta de locais mais escuros para se alimentar e também para se esconder", contou.

O biólogo explicou que o inseto é capaz de encontrar uma pessoa em qualquer área de um quarto escuro por causa dessa capacidade de percepção química, seja qual for a estação climática. "Existem mais de três mil espécies de mosquitos no mundo e cada uma se adapta a determinados ambientes, como florestas e cidades. A alimentação também varia, podendo atacar seres humanos, mamíferos e até aves", completou.

O mosquito, ou pernilongo, integra a subordem Nematocera e faz parte da família dos culicidae. Possui um par de asas e um par de halteres (modificações das asas posteriores) utilizados como órgãos de equilíbrio. O canal de entrada do alimento, chamado de probóscide, é adptado para a sucção de líquidos, como néctar, seiva ou sangue.

Redação Terra