Você Sabia?

publicidade
12 de junho de 2013 • 10h37 • atualizado às 14h27

Como vai ser o homem daqui a 100 mil anos? Veja em imagens

Artista visual e geneticista se uniram para criar modelos de como será a aparência humana daqui 100 mil anos

O Homo sapiens já percorreu um longo caminho evolutivo desde a Idade da Pedra e os avanços da medicina e da tecnologia têm ajudado a ampliar as possiblidades de evolução. Mas como será a aparência do homem daqui 20, 60, 100 mil anos? Para responder a essa pergunta, o artista visual Nickolay Lamm e o geneticista computacional Alan Kwan trabalharam no desenvolvimento de três modelos de aparência física que podem mudar para melhor atender às necessidades dos humanos nos próximos 100 mil anos.

Como será o mundo em 100 anos? Confira algumas projeções

Muitas destas novas características não dependem exclusivamente da evolução, e sim da união entre a tecnologia e a medicina, já que os cientistas no futuro poderão ser capazes de manipular a aparência humana antes mesmo do nascimento.

Segundo o site Mashable, o projeto de Lamm e de Kwan, doutor em genômica computacional pela Universidade de Washington, sugere que os seres humanos do futuro vão ter melhorado significativamente a capacidade de processamento de informações e armazenamento de habilidades. Isso vai ser resultado, segundo ele, do aumento das áreas de superfície de seus cérebros. Ele acredita até que essas habilidades serão impulsionadas pelo desenvolvimento de civilizações em outros planetas além da Terra.

Veja nas imagens a seguir o modelo desenvolvido por Lamm de como ficará a face humana ao longo dos próximos 100 mil anos:

Hoje -  artista visual reproduziu um homem e uma mulher no modelo atual
Foto: Nickolay Lamm/MyVoucherCodes.co.uk / Divulgação
Em 20 mil anos - na projeção dos especialistas, daqui 20 mil anos a cabeça será maior, com uma testa sutilmente grande em comparação a anterior. O anel amarelo em torno dos olhos são lentes que devem representar o Google Glass do futuro
Foto: Nickolay Lamm/MyVoucherCodes.co.uk / Divulgação
Em 60 mil anos - o rosto será proporcional à proporção áurea. Os olhos serão extremamente grandes, com um verde brilhoso como os de gatos. O arco superciliar será ainda mais proa conquista espacial deve levar a novas adaptações, como olhos grandes para se adaptar a regiões longes do Sol, pele pigmentada para evitar os efeitos da radiação ultravioleta prejudicial longe da camada de ozônio protetora da Terra, pálpebras espessas e um arco superciliar mais marcado - área mais escura abaixo das sobrancelhas - para evitar os efeitos da baixa gravidade que desorienta os astronautas. Além disso, a cabeça será ainda maior e dispositivos implantados acima das orelhas devem atuar em conjunto com as lentes de comunicação dos olhos
Foto: Nickolay Lamm/MyVoucherCodes.co.uk / Divulgação
Em 100 mil anos - o rosto será proporcional à proporção áurea. Os olhos serão extremamente grandes, com um verde brilhoso como os de gatos. O arco superciliar será ainda mais marcado
Foto: Nickolay Lamm/MyVoucherCodes.co.uk / Divulgação

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/capsula-tempo/iframe.htm" href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/capsula-tempo/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Terra