publicidade
08 de agosto de 2010 • 10h38 • atualizado em 10 de Agosto de 2012 às 20h11

Como surgiu o Dia dos Pais?

O primeiro Dia dos Pais no Brasil foi comemorado no dia 14 de agosto, o que coincidiu com o aniversário de São Joaquim, considerado o patriarca da família
Foto: Getty Images
 

No Brasil, o segundo domingo de agosto é quando a maioria das famílias se reúne para, em um gesto de carinho, presentear os patriarcas. Mas, ao contrário do que muitos afirmam, o Dia dos Pais não foi criado apenas para estimular o comércio.

De acordo com as professoras Fernanda Braga Chaveiro de Assis e Leia Almeida da Silva Costa, a data surgiu mesmo para homenagear os pais. Fernanda explica que, em 1909, uma menina americana chamada Sonora Louise Dodd resolveu criar a data em Washington, nos Estados Unidos, para mostrar a seu pai, John Bruce Dodd, que ela tinha orgulho de sua superação. Ele havia perdido a esposa em 1898, que faleceu ao dar à luz o sexto filho. John criou todos sozinho, sendo sempre carinhoso e responsável, o que motivou Sonora.

A menina escolheu o dia do aniversário do pai, 19 de junho, como a data comemorativa. Em 1924, o presidente Calvin Coolidge apoiou a ideia nacionalmente. Mas foi só em 1966 que o então presidente Lyndon Johnson oficializou o terceiro domingo de junho como Dia dos Pais nos Estados Unidos.

Aqui no Brasil, a data é festejada desde 1953, quando o publicitário Sylvio Bhering importou a ideia. De acordo com a professora Leia, o primeiro Dia dos Pais brasileiro foi comemorado no dia 14 de agosto, coincidindo com o aniversário de São Joaquim, considerado o patriarca da família. Desde então, oficializou-se homenagear os pais no segundo domingo de agosto.

Em muitos países, o Dia dos Pais ainda é comemorado no terceiro domingo de junho. Mas há, pelo menos, 19 datas para celebrar esse dia ao redor do mundo.

Com informações de O Guia dos Curiosos.

Terra