publicidade
31 de outubro de 2011 • 10h36 • atualizado às 11h19

Carnívoros de até 18 m: quais são os maiores predadores?

Você sabe quem são os maiores predadores da Terra? Quais são as suas características? Qual é o mais perigoso?
Foto: Barcroft - Getty/EFE / EFE
 

Você já ouviu falar que uma sucuri pode comer uma pessoa inteira? Ou que um crocodilo despedaça as presas até a morte? Quando se sentem ameaçados, os grandes predadores do mundo animal representam um perigo para os humanos. Porém, eles são extremamente importantes para manter o equilíbrio dos ecossistemas. Mas afinal, quais são os maiores predadores que existem na natureza? Quais são as suas características?

Segundo o biólogo Luciano Abel, do Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo (USP), o "senso comum" normalmente caracteriza o predador como um animal que captura e mata sanguinariamente outro animal para se alimentar. Tecnicamente, entretanto, existe entre os especialistas uma controvérsia a respeito da definição de predação. "Alguns consideram não só a carnivoria, mas também a herbivoria como um tipo de predação. Neste caso, coelhos que ingerem capim, lagartas que comem folhas ou caramujos raspadores de algas, para citar um exemplo marinho, seriam considerados predadores".

O especialista em biologia marinha explica que, ao se limitar apenas à definição mais simples, a predação ocorre quando organismos de uma espécie matam e ingerem indivíduos inteiros de outra espécie ou partes dele. Seguindo esta definição, no ambiente marinho entre os maiores predadores está a orca. Também conhecida como "baleia assassina", pode chegar a 8 m de comprimento.

O biólogo ainda cita os elefantes-marinhos, que atingem cerca de 6,5 m, as lulas gigantes (gênero Architeuthis), as baleias cachalote e os temidos crocodilos marinhos, que despedaçam as presas. Entre os grandes predadores dos mares, ainda estão os temidos tubarões tigre (Galeocerdo cuvier) e branco (Carcharodon carcharias), que podem atingir 7,5 m de comprimento e pesar até 2,5 t.

Já entre os animais terrestres, o especialista em mamíferos e professor de Biologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) Eduardo Eizirik aponta como os maiores predadores o urso pardo e o urso polar. "No Alasca, um urso pardo chega a 800 kg. Um urso polar também pode chegar muito perto disso", afirma o professor.

E entre os felinos, os destaques são o tigre e o leão. "O tigre siberiano pode chegar a 300 kg. Já um leão pode atingir 250 kg". Já no Brasil, o maior predador encontrado é a onça pintada, que atinge em média 120 kg. "Os maiores animais estão no Pantanal, onde já houve registro de onça com 158 kg", aponta Eizirik.

Sucuri pode engolir uma pessoa inteira
Entre os répteis, o professor da Universidade de Campinas (Unicamp) Felipe Toledo destaca as serpentes. "Existe uma discussão de qual seria a maior. A sucuri pode atingir 9 m de comprimento. A píton também chega a esse tamanho, mas a sucuri é mais volumosa, pesa mais", afirma.

De acordo com o biólogo, a sucuri, bem comum na Amazônia e no Pantanal, é capaz de engolir uma presa inteira. "Ela come uma capivara, que é o maior rato que existe no mundo. Até uma pessoa inteira ela pode engolir", afirma ao destacar que ela enrola a presa até que esta perca oxigênio. "É mito que ela quebra os ossos, o que ela faz é sufocar e depois engolir."

Já a píton, originária da África, é comumente domesticada. "É muito usada como animal de estimação. Se criada em casa, fica bem mansa e só ataca a comida", garante o professor.

Além das cobras, Toledo cita como grandes predadores os crocodilos e jacarés. "Os crocodilos marinhos são os maiores, mas no Brasil o maior é o jacaré-açu, encontrado na Amazônia". Ele explica que também há registros de grandes lagartos, que podem medir até 3 m de comprimento.

Terra