Primeiros a terminar Fuvest consideram prova difícil

27 nov 2011
16h33
atualizado às 16h41
Filipe Gonçalves
Direto de São Paulo

Os primeiros estudantes a terminar o vestibular da Fuvest 2011 consideraram a prova razoavelmente difícil. No entanto, as opiniões são diversas para quem realizou o processo seletivo na Cidade Universitária da USP, em São Paulo, neste domingo.

Estudantes respondem as 90 questões objetivas da primeira fase da Fuvest, em São Paulo
Estudantes respondem as 90 questões objetivas da primeira fase da Fuvest, em São Paulo
Foto: Maurício Camargo / Futura Press

O estudante Lucas Cristóvão, 17 anos, que disputa uma vaga no curso de Farmácia e Bioquímica, disse que a prova estava difícil, mas não como a do vestibular da Unesp, que realizou recentemente. "Achei a Unesp mais complicada. Mesmo assim, foi complicado porque em algumas questões você precisava de conhecimento prévio", afirmou.

O candidato Fábio Luis Siqueira Miranda, 29, que almeja o curso de Letras, criticou o vestibular da Fuvest o qual considera muito elitizado e complicado para quem vem da periferia. "É muito difícil estudar, os livros são elitizados. Quem é da periferia não consegue acompanhar, mas estou há cinco anos me preparando, acho que esse ano vou conseguir", desabafou.

Muitos dos primeiros estudantes a sair ainda não terminaram o ensino médio e, portanto, fazem a prova como treineiros. Pedro Mussolini, 16, é um deles. Está no segundo ano do Ensino Médio e pretende estudar para Medicina ou Engenharia no ano que vem. Para ele, as questões exatas foram as mais complicadas. "Estava difícil. De zero a dez, dou oito. Não estava cansativa, mas difícil, principalmente em Exatas", avaliou.

Já Maria Luisa Bandeira, 16, lamentou não ter estudado o suficiente, mas achou positiva a experiência de fazer a prova como treineira. "Se eu tivesse estudado, teria ido melhor. No ano que vem vou estar mais relaxada".

A prova da primeira fase da Fuvest, que seleciona candidatos para a USP e para a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo teve início às 13h e previsão de encerramento para as 18h. Neste domingo, os estudantes devem responder a 90 questões objetivas de Português, História, Geografia, Matemática, Química, Física, Biologia e Inglês. O candidato somente poderá retirar-se da sala a partir das 16h.

A divulgação dos candidatos aprovados para a segunda etapa será feita no dia 19 de dezembro. As três provas analítico-expositivas vão acontecer de 8 a 10 de janeiro de 2012.

Inscritos
Do total de 146.885 candidatos inscritos para o vestibular Fuvest 2012, 33,4% estudaram todo o ensino médio em escolas públicas. Menos de 5% estudaram tanto na rede pública como na privada, e 61,1% cursaram todo o ensino médico em escolas privadas.

Correção online
O Terra , juntamente com os professores do Sistema COC de Ensino , fará a correção online de todas as questões da primeira fase, logo após o término das provas, no domingo.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade