Universidade Federal do Sul da Bahia deve iniciar atividades em 2014

Implantação da UFSBA está dividida em três ciclos, com previsão de término em 2020

6 mar 2013
11h03
  • separator
  • 0
  • comentários

O governo baiano confirmou o início das atividades da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSBA) para 2014, atendendo a cerca de 14 mil alunos. Até 2020, a instituição terá essa capacidade ampliada em 4 mil vagas, funcionando então com 57 cursos de graduação e 38 de pós-graduação.

A implantação está dividida em três ciclos. O primeiro, com início no próximo ano, oferecerá bacharelados e licenciaturas interdisciplinares. Na segunda etapa está prevista a graduação nas engenharias, bacharelados em artes, bacharelados profissionais e cursos profissionais. Por fim, o terceiro e último ciclo, prevê a implantação de mestrados e doutorados.

A projeção foi feita nesta terça por autoridades do governo estadual e pelo presidente da comissão de implantação da UFSBA, Naomar Almeida, durante encontro em Salvador. "As atividades e programas de ensino cobrirão uma região composta por 48 municípios, possibilitando assim cobrir a defasagem na oferta de vagas para a educação superior na região", disse Naomar.

Serão beneficiados estudantes dos territórios de identidade do Extremo Sul, Costa do Descobrimento e Litoral Sul.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade