Universidade avalia incluir sequenciamento de DNA no SUS

Objetivo da Unicamp é ajudar no diagnóstico de doenças genéticas

21 jun 2013
08h14
atualizado às 08h18
  • separator
  • comentários

Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) vão avaliar a viabilidade, por meio de uma análise detalhada de custos, de incluir no Sistema Único de Saúde (SUS) um método específico de sequenciamento de DNA para ajudar no diagnóstico de doenças genéticas.

<p>Para alguns pacientes, o diagn&oacute;stico precoce permitir&aacute; adequar o tratamento e torn&aacute;-lo mais eficiente</p>
Para alguns pacientes, o diagnóstico precoce permitirá adequar o tratamento e torná-lo mais eficiente
Foto: Getty Images

Conhecida como sequenciamento completo do exoma, a técnica permite ter acesso à sequência da parte do genoma – cerca de 2% – que contém as informações para a produção das proteínas vitais para o funcionamento do organismo. Além de mais rápida, é bem mais barata que o sequenciamento tradicional.

“Aqui na Unicamp, atualmente, conseguimos fazer o sequenciamento do exoma humano completo por cerca de R$ 1.700. Já o sequenciamento completo do genoma sairia em torno de R$ 30 mil”, contou Iscia Lopes-Cendes, chefe do Departamento de Genética Médica e coordenadora do Laboratório de Genética Molecular da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp.

Atualmente, no Brasil, esse tipo de teste para diagnóstico é oferecido apenas por serviços privados, o que limita o acesso dos pacientes. “Não conheço nenhum sistema público de saúde do mundo que tenha realizado um estudo de custo-efetividade para avaliar esse novo método de diagnóstico. Isso nos motivou a realizar a análise de forma sistematizada”, contou a pesquisadora.

<p>M&eacute;todo, que pode ajudar no diagn&oacute;stico de doen&ccedil;as de base gen&eacute;tica, sequencia apenas o exoma, a pequena parte do genoma respons&aacute;vel pela produ&ccedil;&atilde;o das prote&iacute;nas vitais ao organismo</p>
Método, que pode ajudar no diagnóstico de doenças de base genética, sequencia apenas o exoma, a pequena parte do genoma responsável pela produção das proteínas vitais ao organismo
Foto: BBC News Brasil
Fonte: Informações da Agência Fapesp Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade