SP: professores municipais em greve fazem nova assembleia nesta terça

A categoria não entrou em acordo com o governo municipal e a greve se estende há duas semanas

14 mai 2013
08h28
atualizado às 08h54
  • separator
  • comentários

Docentes da rede municipal de ensino de São Paulo fazem uma assembleia a partir das 14h desta terça-feira para decidir se mantêm a paralisação, iniciada há duas semanas. A mobilização será em frente ao gabinete do prefeito, no viaduto do Chá, na região central da cidade.

A categoria pede melhores condições de trabalho, combate à violência nas escolas, fim das terceirizações e redução do número de alunos por sala de aula. Os educadores reivindicam ainda reajustes de 6,55% retroativo a maio de 2011, 4,61% retroativo a maio de 2012 e 6,51% referente à 2013.

A Secretaria da Educação argumenta que assumiu o compromisso de conceder reajuste de 10,19% já para o mês de maio deste ano e outro de 13,43% para maio de 2014, mas apesar de várias reuniões ainda não houve acordo entre os grevistas e o governo.

Greve dos professores estaduais termina com pancadaria

A assembleia dos professores municipais acontece poucos dias depois de uma mobilização dos docentes da rede estadual ter terminado em pancadaria na região central de São Paulo. Na última sexta-feira, em assembleia na avenida Paulista, o sindicato dos professores estaduais (Apeoesp) decidiu acabar com a greve iniciada há três semanas, mas alguns educadores não concordaram com a medida.

Revoltadas, essas pessoas encurralaram a direção sindical no caminhão de som e jogaram objetos como latas, garrafas e até cones utilizados para isolar o veículo do tráfego. A Polícia Militar, que acompanhava o ato, entrou em ação e a cena foi de agressões por todos os lados.

Fim da greve tem troca de acusações entre professores estaduais

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/educacao/infograficos/quanto-ganha-um-professor-no-brasil/iframe.htm" href="http://noticias.terra.com.br/educacao/infograficos/quanto-ganha-um-professor-no-brasil/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade