Educação

publicidade
07 de março de 2012 • 17h33 • atualizado em 09 de Março de 2012 às 16h15

SP: 58,4% dos alunos saem do ensino médio sem saber matemática

Apesar de apresentar uma ligeira elevação nos resultados em comparação com 2010, os dados apontam que a situação está longe do ideal
Foto: Getty Images

A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo divulgou nesta quarta-feira o resultado do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar (Saresp) de 2011, que analisa o desempenho dos estudantes 5º e 9º do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio. Apesar de apresentar uma ligeira elevação nos resultados em comparação com 2010, os dados apontam que a situação está longe do ideal. O pior desempenho foi na prova de matemática dos alunos do 3º ano do ensino médio. Do total de 322.078 estudantes que fizeram a avaliação, 58,4% demonstraram ter conhecimento abaixo do mínimo ao concluir o ensino médio.

Em 2010, o percentual de alunos com nível abaixo do adequado havia ficado em 57,7%. Apesar disso, aumentou a porcentagem de estudantes com nível considerado adequado. Este ano foram 4,2% contra 3,6% na avaliação de 2010. Já em português, aconteceu uma ligeira queda de 37,9% em 2010 para 37,5% no nível abaixo do básico.

O Saresp classifica os alunos em quatro níveis: abaixo do básico (conhecimento insuficiente), básico (com conhecimento mínimo do conteúdo), adequado (com domínio do conteúdo) e avançado (aprende além do esperado). Levando em conta as notas médias dos estudantes, houve uma elevação em comparação com o ano passado em matemática, passando de 269,2 para 269,7. Em português a nota média permaneceu em 265,7.

Após a divulgação dos resultados, a Secretaria de Educação confirmou que os resultados para o ensino médio precisam avançar. "Nosso desafio com o ensino médio é maior porque seu desempenho atual reflete todo um longo passado de exclusão no acesso ao ensino, que só começou a ser revertido a partir dos anos 1980", afirmou o secretário Herman Voorwald.

Ensino fundamental
No 9º ano do ensino fundamental, 28% dos estudantes ficaram abaixo do nível básico em português, contra 28,4% em 2010. Já em matemática, a média passou de 34,9 em 2010 para 33,8 em 2011. Para os alunos do 5º ano, o percentual abaixo do mínimo de conhecimento atingiu 17,4% em português no último ano, contra 19,8% em 2010. Em matemática, a média ficou em 26% em 2011 contra 29% em 2010.

Terra