RJ: servidores do colégio Pedro 2º decidem encerrar greve

RJ: servidores do colégio Pedro 2º decidem encerrar greve

11 out 2011
15h28

Os professores e funcionários do colégio federal Pedro 2º, no Rio de Janeiro, decidiram em assembleia retornar as aulas na próxima segunda-feira, dia 17. Os servidores estavam em greve desde o dia 15 de agosto e cobravam reajuste salarial de 14,67%, além da realização de concurso público e de mais investimento na educação.

De acordo com o coordenador do Sindicato dos Servidores do Colégio Pedro 2º (Sindscope), Raimundo Nascimento Dória, a decisão de retomar às aulas foi tomada em assembleia realizada ontem. Segundo ele, o fim da greve dos servidores das universidades federais e o acordo dos professores dessas instituições com o governo enfraqueceram a proposta de fazer uma mobilização unificada com todos os trabalhadores do ensino federal.

"A resposta que tivemos do Ministério do Planejamento é de que o governo só negociaria com o retorno das atividades", disse o coordenador ao criticar a "intransigência" do governo em apresentar uma contraproposta. De acordo com o sindicato, todas as unidades terão aulas normais na segunda-feira e um calendário de reposição das atividades perdidas será definido em assembleia da categoria na terça-feira.

O colégio tem 14 unidades, cerca de 10 mil alunos e 1,8 mil servidores. O coordenador do sindicato estima que pelo menos 80% dos professores e funcionários participaram do movimento.

Terra

compartilhe

publicidade
publicidade