Protesto em SP apoia professores em greve no Rio de Janeiro

7 out 2013
18h49
atualizado às 18h49
  • separator
  • comentários

Uma manifestação contra a violência policial durante os protestos de professores na semana passada no Rio de Janeiro ganhou um ato em apoio em São Paulo nesta segunda-feira. Os ativistas se reúnem no Masp e fecham a avenida Paulista no sentido Consolação. Com presença de estudantes da Universidade de São Paulo (USP), o protesto também critica o modelo de escolha do reitor da instituição de ensino.

Os estudantes mantêm ocupação do prédio da reitoria da USP. Um dos pontos mais criticados é a lista tríplice, sistema pelo qual os nomes dos três candidatos mais votados são enviados ao governador do Estado, que decide quem será o reitor. Por esse modelo, João Grandino Rodas - o segundo na lista de 2008 - foi escolhido como o atual reitor.

Segundo Pedro Serrano, diretor do DCE da universidade, os ocupantes estão sem luz nem água no prédio, o que ele classifica como "absurdo" e intransigente. "Entregamos documentos ao gabinete da reitoria, tentando estabelecer diálogo. Mas fomos ignorados. É um absurdo. Demonstra a total intransigência da parte deles."

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade