PUBLICIDADE

Programa com bolsas de R$ 400 para universitários entra em vigor na 2ª

O programa foi criado com o objetivo de estimular a permanência de alunos cotistas nas universidades

9 mai 2013 16h39
| atualizado às 19h51
ver comentários
Publicidade

Estudantes das universidades federais com renda per capta familiar mensal de até 1,5 salário mínimo, de cursos com carga horária de no mínimo cinco horas diárias, poderão participar do Programa Nacional de Bolsa Permanência anunciado nesta quinta-feira pelo Ministério da Educação (MEC). A bolsa será de R$ 400 mensais. Para estudantes indígenas e quilombolas, o valor será superior, R$ 900.

O programa será disponibilizado a partir da próxima segunda-feira. Primeiramente, as universidades terão acesso e poderão cadastrar os pró-reitores de cada área como interlocutores. A partir de então, os estudantes poderão se cadastrar, explica o secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Speller. As bolsas serão distribuídas conforme a necessidade de cada instituto.

Os estudantes receberão um cartão do Banco do Brasil, por meio do qual poderão sacar a quantia. Segundo Speller, o cadastramento será online, com duração permanente e atualizado a cada mês pelas universidades. O secretário disse que a bolsa deverá dar tranquilidade ao aluno que enfrenta dificuldades econômicas.

Não cotistas serão beneficiados
A criação do programa de bolsas foi anunciada no começo do ano pelo ministro Aloizio Mercandante como uma forma de beneficiar os estudantes de escolas públicas, negros e indígenas que ingressarem nas universidades por meio da Lei de Cotas - sancionada no ano passado pela presidente Dilma Rousseff.

Mesmo que a finalidade tenha sido atender os cotistas, o MEC confirmou que alunos que não ingressaram nas universidades pelas ações afirmativas também podem receber o benefício, desde que comprovem a baixa renda. Ainda de acordo com o ministério, a bolsa não é cumulativa e quem já tenha algum benefício nas instituições não será contemplado com o dinheiro.

Agência Brasil Agência Brasil
Publicidade
Publicidade