Professores grevistas do RJ poderão ter salários descontados

9 jun 2011
09h25

Professores da rede estadual do Rio de Janeiro que aderiram à greve por tempo indeterminado anunciada terça-feira terão os dias descontados. A medida já foi adotada pela Secretaria Estadual de Educação em anos anteriores. "Se houver corte de ponto, não haverá reposição das aulas", avisa Tarcísio Carvalho, diretor do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe).

A categoria quer 26% de reajuste, incorporação da gratificação do programa Nova Escola e descongelamento do plano de carreira. Segundo o Sepe, a adesão chegou a 60%. A SME afirma que não passou de 2% (17 escolas).

Hoje, professores se unem aos bombeiros na Alerj, às 16h, para pressionar deputados a interceder junto ao governador Sérgio Cabral.

Fonte: O Dia
publicidade