Prefeitura de SP calcula duas vezes vagas em creches

13 jan 2015
08h30
atualizado às 08h38
  • separator
  • 0
  • comentários

Uma reportagem do jornal O Estado de S. Paulo publicada nesta terça-feira traz dados sobre o número de vagas criadas em creches e pré-escolas durante a gestão Fernando Haddad (PT). Segundo a publicação, a prefeitura está inflando os números ao divulgar em seu site de metas a informação de que criou 40,9 mil vagas na educação infantil. Segundo relatórios da própria Secretaria de Educação, porém,  a cidade ganhou apenas 33,5 mil novas matrículas em dois anos da atual gestão.

Segundo os dados da secretaria, as matrículas representam atendimento de 22% das 150 mil vagas prometidas, já a prefeitura sustenta que 44% da meta foi alcançada. Segundo o jornal, o tamanho da rede e a expansão sempre foram calculados pelo número de matrículas e a gestão Haddad acaba computando vagas que não estariam ocupadas, como as de prédios em obras, além de contar a substituição de convênios como vagas novas.

A secretaria diz que desde o início de 2013 foram criadas 30,3 mil vagas somente em creches, mas o número de crianças matriculadas passou de 214.094, em dezembro de 2012, para 228.056 em novembro de 2014 (último dado disponível) – avançando 13,9 mil vagas. Com o fechamento de 54 convênios por falhas no serviço, cerca de 7,7 mil crianças já atendidas foram transferidas para novas entidades e, mesmo que essas matrículas realocadas de convênios encerrados para novas entidades fosse computadas como novas vagas, ainda há no balanço da gestão 8,7 mil vagas em creches sem explicação, segundo o jornal.

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação defendeu que o número de novas matrículas “é diferente do número de vagas criadas” e essas vagas podem estar em processo de matrículas. “Novas vagas criadas correspondem a construções, ao número de crianças atendidas por convênios novos ou aditamentos e ainda ao reordenamento de vagas nas creches da rede direita e à capacidade das pré-escolas”, disse a secretaria.

De 2013 a 2014 foram construídos e entregues 30 centros de Educação Infantil (CEIS) – obras iniciadas na gestão anterior. Outras 17 unidades estão com obras em andamento, segundo a pasta. A meta da prefeitura é construir, ao todo, 243 CEIs, 172 deles em parceria com o Ministério da Educação.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade