Pesquisa: excesso de disciplinas no ensino médio contribui para evasão

7 ago 2013
09h11
atualizado às 10h09
  • separator
  • 0
  • comentários

A evasão no ensino médio se tornou um grande problema em todo o Brasil. Entre as explicações para isto, a partir da opinião dos próprios estudantes, está o excesso de disciplinas na grade curricular. O assunto foi discutido nesta terça, dia 6, no Encontro Internacional de Educação Salamundo 2013, realizado em Curitiba (PR), pelos pesquisadores Tufi Machado e Mariana Calife, da Universidade Federal de Juiz de Fora, de Minas Gerais. Eles apresentaram os resultados de uma pesquisa sobre a evasão nesta etapa do ensino feita entre 2009 e 2010 em escolas públicas mineiras.

Tufi Machado
Tufi Machado
Foto: Roger Pereira / Especial para Terra

Os dois pesquisadores ouviram estudantes do ensino médio sobre os motivos para frequentarem a escola. Entre as principais respostas eles ouviram que os alunos eram forçados pelos pais ou viam os estudos como obrigação. Parte dos entrevistados comentou que não gostava do ensino médio porque acreditava que nem a metade do que estudava serviria para alguma coisa no restante da vida, além da grande quantidade de disciplinas. Para melhorar essa etapa, os estudantes sugeriram mais inovação dentro da sala de aula, conteúdo mais atraente e menos matérias.

"Uma das principais causas para o abandono é a necessidade de trabalhar. O ensino médio se torna penoso demais", afirma Machado, em relação às variáveis familiares que influenciam na decisão do jovem.

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/vc-sabia-conteudos-escolares/" href="http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/vc-sabia-conteudos-escolares/">Conteúdos escolares</a>

Em relação à escola, a falta de qualidade do trabalho dos professores e da própria estrutura também foi apontada pelos estudantes na pesquisa. "O que mais me chamou a atenção foi esta capacidade do aluno de avaliar a qualidade do trabalho dos professores e da escola. Não esperava que isto ocorresse. Eles têm uma visão razoável do que acontece e um razoável senso crítico na posição deles, mas também possuem autocrítica bastante significativa", declarou Machado.

Quanto ao universo do aluno, as dificuldades gerais nas disciplinas influenciam na decisão de deixar a escola. "Os jovens desistem da escola quando sentem que não estão aprendendo. Vislumbrar que o estudo lhes trará melhores oportunidades na vida aumenta as chances de permanência", destaca o pesquisador.

Para Machado, toda a avaliação dos estudantes e o fato de eles apontarem o número de disciplinas como problema indicam a necessidade de se construir outro modelo para o ensino médio. "Precisamos ter alguns modelos diferentes, todos com qualidade, adaptados às necessidades e interesses que o jovem tem", aponta o pesquisador.

Na opinião dele, a mudança de curricular para grandes áreas do conhecimento, como já ocorre na avaliação do Enem, pode ser positiva. "Já é razoavelmente aceito que precisamos diminuir o número de disciplinas. Mas como fazer isto? O ensino público é muito rígido, precisa de certa maleabilidade para atingir estes objetivos. Não é tão trivial", analisa Machado.

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/sistema-educacional/" href="http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/sistema-educacional/">Sistema Educacional Brasileiro</a>
Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade