Aprenda a usar a química para desvendar crimes

03 de dezembro de 2008 • 11h32 • atualizado às 12h15
A idéia é aplicar a ciência nos processos de investigação criminal
A idéia é aplicar a ciência nos processos de investigação criminal
03 de dezembro de 2008
Getty Images

Que tal usar a química para descobrir o autor de um assassinato? Em um clima de seriado policial no estilo CSI (Crime Scene Investigation), a primeira pós-graduação em Química Forense do País foi lançada pela Universidade Mackenzie, de São Paulo. A idéia é aplicar a ciência nos processos de investigação criminal.

» Novidades estimulam pós em bioética
» Especialização turbina o salário
» Veja outras notícias de pós e MBA

A professora responsável pelo curso, Márcia Guekezian, explica que serão abordados aspectos como a análise de mortes envolvendo produtos químicos, permitindo determinar se o que ocorreu foi uma intoxicação, que é acidental, ou um envenenamento, feito deliberadamente por uma pessoa contra outra.

Também são examinados elementos como o efeito sobre o corpo dos entorpecentes e a comprovação de autoria de crimes por meio de localização de vestígios de pólvora nas mãos de um suspeito. Os crimes ambientais também serão estudados na especialização. Num derramamento criminoso de resíduos industriais em um rio, por exemplo, o químico forense poderá identificar quais foram os produtos jogados na água, o que pode ajudar a apontar os responsáveis. ¿Há uma possibilidade de atuação bem diversificada¿, garante Márcia.

Os formados em Química Forense estarão qualificados para prestar concurso para as áreas de perícia da Polícia Federal e das polícias estaduais ou para órgãos de defesa ambiental. As inscrições para a primeira turma, com início das aulas previsto para fevereiro, estão abertas até 11 de janeiro de 2009, com taxa de R$ 75.

Podem se candidatar profissionais formados em química, engenharia química, farmácia, bioquímica, biologia ou áreas afim. Serão 50 vagas e os alunos serão selecionados a partir de análise de cadastro e currículos. O curso tem duração de três semestres e as aulas serão ministradas nas sextas à noite e nos sábados pela manhã na unidade da Universidade Mackenzie na capital paulista. Mais informações no site http://www.mackenzie.br/quimica_forense.html , pelo e-mail processoseletivo.pos@mackenzie.br ou na central de atendimento (11) 2114-8765.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »