Como é a mala ideal para um intercâmbio? Confira


Você pesquisou, escolheu um destino e optou por fazer um curso de intercâmbio do outro lado do mundo. Mas e aí, o que deve levar na mala? Isso depende do lugar, se é época de frio ou calor e do seu próprio estilo. Algumas dicas são gerais, como o cuidado em não levar a casa toda à tiracolo. Mas deve-se ter cuidado, também, para não esquecer o essencial.

» Como preparar a bagagem perfeita
» Itens básicos para as meninas
» Itens básicos para os meninos

"Muitas vezes os viajantes acabam levando roupas desnecessárias", diz Ricardo Honaiser, consultor da STB Trip Travel (Student Travel Bureau). "Não dá pra ficar como uma 'cebola', com camiseta, blusão, moletom, casaco, cachecol e, quando entra em um lugar fechado, ir tirando tudo pouco a pouco", brinca. Em países da Europa e América do Norte, a maior parte dos lugares tem calefação. Então, a sugestão do consultor é levar um bom casaco para enfrentar a rua e, no mais, roupas leves, que possam ser usadas em ambientes fechados, onde a temperatura ambiente é amena.

Por medo de fazer feio, os estudantes brasileiros tendem a caprichar mais no visual quando estão no exterior, o que não é necessário, segundo Honaiser. Não esqueça que você vai ser morador deste lugar; portanto, deve se vestir de forma confortável.

Amanda Medeiros, consultora de estilo de Belo Horizonte (MG), diz que muitas pessoas carregam mais do que precisam, não apenas por vontade de estarem sempre bem vestidas, mas também pela insegurança de achar que sempre está faltando algo. "Sem contar que muitos não sabem como coordenar peças e montar vários visuais com apenas algumas poucas roupas e acessórios", afirma Amanda.

Lembre-se, normalmente o limite é de duas malas de 32 quilos cada em vôos internacionais. Além do cuidado com a mala despachada, também se deve estar atento às regras referentes à bagagem de mão, que devem ter peso máximo de 5 quilos. Há restrições para carregar na bagagem de mão alguns produtos em vôos internacionais. As normas são da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), e atendem às exigências de segurança da OACI (Organização Internacional de Aviação Civil). Líquidos em geral, incluindo remédios, gel, pasta, creme, aerosol e similares deverão ser colocados em uma embalagem plástica transparente, fechada, com capacidade máxima de 1 litro e não excedendo o tamanho de 20x20 centímetros. Líquidos em frascos acima de 100 mililitros não poderão ser transportados na bagagem de mão, mesmo se o frasco estiver parcialmente cheio.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »